Comboio do Transcatarina está em Caçador

Pilotos e navegadores de Passo Fundo enfrentam os desafios pela categoria Adventure

Por
· 1 min de leitura
Encontro dos passo-fundenses no trecho do prólogo -- Foto - Felipe Sanches/DFOTOS --Encontro dos passo-fundenses no trecho do prólogo -- Foto - Felipe Sanches/DFOTOS --
Encontro dos passo-fundenses no trecho do prólogo -- Foto - Felipe Sanches/DFOTOS --
Você prefere ouvir essa matéria?

O 12º Transcatarina, o rally mais charmoso do Brasil, reúne os amantes do fora-de-estrada em privilegiado cenário de Santa Catarina. Organizado pelo Caçador Jeep Clube e SC Racing, o evento é centralizado em Fraiburgo, onde acontecem a largada e a chegada. Os participantes, representando 116 cidades brasileiras, têm uma semana de muita aventura e superação de limites. Em plena pandemia, a realização da prova foi o primeiro grande desafio. Todos os off-roaders são obrigados a realizar o teste de Covid-19. Postos de higienização estão espalhados pelas áreas de circulação, além do uso pessoal e obrigatório de álcool em gel e máscara. O controle de acesso aos locais do Transcatarina é rígido, com credenciamento nominal para manter o número mínimo de profissionais e evitar o agrupamento. Os jantares no final de cada etapa sofreram alterações. Ao invés de local único, foram pulverizados dos pelos restaurantes das cidades onde haverá pernoites.

A prova

Fraiburgo recebeu a concentração e a largada da 12ª edição do Transcatarina, que foi oficialmente aberto na terça-feira. O início das aventuras, na quarta-feira, 28, foi o tradicional prólogo, realizado no próprio município de Fraiburgo. Passaram pelo pórtico de largada 195 veículos 4x4, divididos nas categorias competição (Máster, Graduados, Turismo, Turismo Iniciante e Turismo Light), e passeio (Passeio Expedition, Passeio Radical 1 e 2, e Adventure 1, 2 e 3). Na quinta-feira o comboio largou às 8 horas em direção a Treze Tílias e nesta sexta-feira a etapa foi entre Treze Tílias e Caçador. E no sábado, finalizando a prova, as aventuras serão em trechos especialmente escolhidos no percurso entre Caçador e Fraiburgo, onde será realizada a premiação final.


As duplas de Passo Fundo encaram os desafios

Quando o assunto é aventura e desafios dos mais pesados obstáculos naturais, a categoria Adventure é a pedida certa para os passo-fundenses. Os primeiros inscritos foram Fabricio Amarante da Cunha, Matias Grazziotin/Luciano Peruffo, Carlos Antonio Brugner/Heuliton Felipe Brugnera e Sergio Ricci/Ricardo Luiz Zanin. “Esta será a minha quinta participação. O Transcatarina tem uma organização muito forte e competente, e reúne tribos de todos os gostos. Tudo mundo pode participar e este é um diferencial que poucos eventos possuem”, disse Zanin.


Gostou? Compartilhe