Grêmio vence o Guarani no Paraguai e constrói vantagem

Jogo de ida pelas oitavas de final da Libertadores terminou em 2 a 0

Por
· 1 min de leitura
Renato: homenagem a Maradona – Foto – Lucas Uebel-GFBPARenato: homenagem a Maradona – Foto – Lucas Uebel-GFBPA
Renato: homenagem a Maradona – Foto – Lucas Uebel-GFBPA
Você prefere ouvir essa matéria?

O Grêmio iniciou bem a fase das oitavas de final da Libertadores. Na noite em que chegou a marca de 200 jogos disputados em Libertadores, venceu o Guarani, por 2 a 0, na partida de ida da fase mata-mata, que ocorreu no Estádio Defensores del Chaco, em Assunção, no Paraguai. A primeira etapa foi equilibrada, mas com superioridade dos tricolores. Já no tempo complementar, os gremistas voltaram com uma postura mais ofensiva. Nos primeiros segundos, Luiz Fernando colocou uma bola na trave. Não demorou para sair o primeiro gol gremista, aos 11 minutos, dos pés de Jean Pyerre, que mandou no canto direito da meta defendida por Servio. Apesar de uma pressão paraguaia em alguns momentos, foi o Grêmio quem alcançou os resultados. Fechando a contagem, aos 40 minutos, Pepê marcou o segundo gol, ampliando a vantagem para a partida de volta, na próxima quinta-feira, na Arena. 

Renato

Com a camisa 10 da Argentina, Renato Portaluppi homenageou o amigo Maradona e quebrou mais um recorde como treinador do Tricolor. Na noite desta quinta-feira, em Asunción, no Paraguai, o ídolo gremista chegou aos 383 jogos na casamata e iguala a marca histórica de Oswaldo Rolla, o “Foguinho”.


Gostou? Compartilhe