Galhardo perde pênalti e Inter segue sem vencer no Brasileirão

Colorado empatou em 0 a 0 com o Atlético/GO

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

O Internacional segue sem vencer no Brasileirão. No confronto na noite deste sábado, em Goiânia, empatou em 0 a 0 com o Atlético/GO e caiu para a quarta posição na tabela com 37 pontos. São seis rodadas sem vitórias.

Agora, o Colorado se prepara para enfrentar o Boca Juniors, na quarta-feira, pelo duelo de ida das oitavas de final da Libertadores, no Beira-Rio.

A equipe de Abel até que teve uma boa chance de abrir o marcador. Aos 15 minutos da etapa final, o zagueiro Zé Roberto tentou interceptar uma cobrança de escanteio e a bola bateu em seu braço. O árbitro marcou pênalti, sem a necessidade de consultar o VAR. Galhardo, que já havia desperdiçado contra o América, pela Copa do Brasil, cobrou no canto direito e o goleiro Jean defendeu.

A torcida colorada ainda viu se repetir uma outra cena que virou rotina nesse Brasileirão. Aos 23 min, do segundo tempo, o zagueiro Moledo, que já tinha cartão amarelo na partida, adiantou a bola e, ao tentar chegar antes, atingiu o jogador Danilo e acabou expulso. Com um a menos, o Inter ainda teve outra boa chance no final da partida. Wilian Magrão saiu jogando errado e perdeu a bola. Leando Fernández dominou e bateu no canto direito, para outra grande defesa de Jean. 


FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-GO 0 X 0 INTERNACIONAL

Local: Estádio Antônio Accioly, em Goiânia (GO)

Data: 28 de novembro de 2020, sábado

Hora: 21h (Brasília)

Árbitro: Ramon Abatti Abel (SC)

Assistentes: Alex dos Santos e Thiaggo Americano Labes (ambos de SC)

VAR: Rafael Traci (Fifa-SC)

Cartões amarelos: Everton Felipe (Atlético-GO); Rodrigo Moledo, Rodrigo Lindoso e Leandro Fernández (Internacional)

Cartão vermelho: Rodrigo Moledo (Internacional)

ATLÉTICO-GO: Jean; Arnaldo (Matheus Pereira), Éder, Gilvan e Nicolas; Willian Maranhão, Matheus Vargas e Everton Felipe (Wellington Rato); Chico (Danilo), Janderson (Juninho Brandão) e Zé Roberto.

Técnico: Marcelo Cabo

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Heitor, Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta e Uendel; Rodrigo Lindoso, Johnny (Musto), Patrick (Zé Gabriel) e D'Alessandro (Maurício); Thiago Galhardo (Leandro Fernández) e Yuri Alberto (Marcos Guilherme).

Técnico: Leomir Souza (auxiliar)


Gostou? Compartilhe