Empate com gol de pênalti no apagar das luzes

Em casa, Grêmio joga mal e empata em 1 x 1 com o Santos

Por
· 1 min de leitura
Diego Souza marcou o gol gremista --- Foto – Lucas Uebel - GFBPADiego Souza marcou o gol gremista --- Foto – Lucas Uebel - GFBPA
Diego Souza marcou o gol gremista --- Foto – Lucas Uebel - GFBPA
Você prefere ouvir essa matéria?

A noite desta quarta-feira foi de Libertadores na Arena em um jogo tenso, nervoso e muito disputado. O Grêmio enfrentou o Santos, no jogo de ida das quartas de final da competição e empatou em 1 a 1 com o time visitante. O Santos fui superior na primeira etapa e abriu o marcador aos 35 minutos da etapa inicial. No último lance, já nos acréscimos, depois de muitas polêmicas que aconteceram durante o jogo, os gremistas conseguiram chegar ao gol com Diego Souza, que assinalou de pênalti. Com o resultado, o Grêmio deixa para decidir tudo na Vila Belmiro, na próxima quarta-feira, 16, às 19h15. 

Primeiro 

A partida se mostrou muito disputada no meio-campo. O Tricolor tentou valorizar a posse de bola e trocar passes, buscando construir oportunidades no ataque. Uma delas saiu aos 18, quando Pinares acionou Luiz Fernando na entrada da área. O atacante fez um cruzamento para trás, mas a defesa do peixe afastou. Aos 35, o Santos conseguiu abrir o marcador. Após um cruzamento da direita, Vanderlei saiu de soco e afastou. Na sobra, Felipe Jonathan cabeceou e Kaio Jorge desviou a gol.  O jogo passou a ficar nervoso, com cartões amarelos e até vermelhos corrigidos pelo VAR.

Segundo

O Grêmio voltou na segunda etapa com uma alteração: saiu Kannemann, entrou David Braz. O Grêmio teve uma boa chance em cobrança de falta da intermediária, aos 20’. David Braz mandou direto, obrigando uma grande defesa de John, que espalmou pela linha de fundo, cedendo escanteio. Aos 37, uma das melhores chances do tricolor saiu de uma jogada de Diego Souza e Pepê. O centroavante acionou o atacante entre a zaga, mas Felipe Jonathan acabou desequilibrando Pepê, que caiu na área - nada assinalado. Nos acréscimos, Diego Pituca, após cometer mais uma falta, acabou expulso. O Grêmio pressionou os minutos finais e nos acréscimos, em um cruzamento de Ferreira, a bola bateu no braço de Vinicius Baliero, dentro da área. Diego Souza foi para a cobrança e converteu, mandando direto no ângulo da meta paulista, estufando as redes e deixando tudo igual, aos 56 minutos.

Gostou? Compartilhe