Pioneiro em títulos de Copa do Brasil, Grêmio busca o hexa

Na Arena, Grêmio e Palmeiras fazem o primeiro jogo da final

Por
· 1 min de leitura
(Foto – Lucas Figueiredo-CBF)(Foto – Lucas Figueiredo-CBF)
(Foto – Lucas Figueiredo-CBF)
Você prefere ouvir essa matéria?

A partir de hoje, 28/02, o Grêmio começa a disputar sua nona final de Copa do Brasil. Campeão em cinco oportunidades, o Tricolor é o clube com maior tradição dentro da competição, sabendo, como ninguém, usar o regulamento a seu favor e fazendo jus à alcunha de clube "copero". O Grêmio confirmou presença na final da Copa do Brasil 2020 na noite de 30 de dezembro, no Morumbi, quando empatou em 0 a 0 com o São Paulo. Como havia vencido por 1 a 0 em Porto Alegre, a igualdade bastou para o time de Renato Portaluppi. O Palmeiras eliminou o América-MG na outra semifinal. A partida deste domingo será às 21 horas e o jogo de volta no próximo domingo, 07/03, no Allianz Parque em São Paulo.

 

1989 – O primeiro campeão

A trajetória vitoriosa do Grêmio na Copa do Brasil começou em 1989, ano de sua primeira edição. Sob o comando do técnico Cláudio Duarte, a semifinal foi contra o Flamengo, que havia deixado o Corinthians para trás. A conquista invicta veio na decisão diante do surpreendente Sport Recife. No primeiro jogo, 0 a 0 na Ilha do Retiro. No Estádio Olímpico, com gols de Assis e Cuca, o time do capitão Edinho batia os pernambucanos por 2 a 1, levantando a Copa do Brasil pela primeira vez.


1994 – O bicampeonato

Cinco anos depois, o Grêmio voltou a levantar a taça com uma campanha invicta. Na decisão, enfrentou o Ceará. No Estádio Castelão, o time comandado por Luiz Felipe Scolari segurou o empate sem gols, trazendo a decisão para o Estádio Olímpico, onde venceu por 1 x 0 com gol de Nildo.


1997 – Tricampeão calou o Maracanã 

Mais uma vez de forma invicta, o terceiro título teve final com o Flamengo. No Olímpico empate em zero a zero. Mas o time de Evaristo de Macedo empatou em 2 x 2, gols de João Antônio e Carlos Miguel, e silenciou os 95 mil torcedores no Maracanã.


2001 – Tetra no Morumbi

Sob o comando do técnico Tite, venceu pela quarta vez. Decisão com o Corinthians, com empate em 2 x 2 no Olímpico e vitória incontestável em pleno Morumbi: 3 x 1, com gols de Marinho, Zinho e Marcelinho Paraíba.


2016 – O Rei de Copas é Penta

A quinta conquista reforça o título de Rei de Copas. Tendo como adversário o Atlético-MG, foi a única decidida em casa. No Mineirão, o time de Renato Portaluppi fez 3 x 1, com dois gols de Pedro Rocha e um de Everton. Na Arena, diante de 55.337 torcedores, bastou um empate em 1 x 1 com gol de Miller Bolaños: pentacampeão.

Time campeão da primeira Copa do Brasil (Foto – Museu do Grêmio)


Gostou? Compartilhe