Inter vence o Novo Hamburgo na estreia de Ramírez

Marcos Guilherme marcou o único gol da partida

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

Na estreia de Miguel Ángel Ramírez como técnico do Internacional, o treinador espanhol começou com o pé direito diante da vitória por 1 a 0 contra o Novo Hamburgo, no Estádio do Vale. A partida, na noite deste domingo, foi válida pela quinta rodada do Gauchão.

 

O único gol da partida foi marcado por Marcos Guilherme aos 16 min do segundo tempo. Em cobrança de falta na área, Moisés achou Marcos Guilherme que concluiu no canto de Nícolas. Com a vitória, o colorado soma 10 pontos e assume a liderança da competição. O próximo compromisso do Inter é na quarta-feira (24), quando enfrenta o Caxias no Estádio Beira-Rio em Porto Alegre.

 O time que começou o duelo no Vale do Sinos teve mudanças em relação ao que venceu o Ypiranga na rodada anterior – Zé Gabriel, Rodrigo Lindoso e Thiago Galhardo foram escalados entre os titulares pelo técnico Miguel Ángel Ramírez, que fez a sua estreia à beira do gramado.

O Inter tomou a iniciativa nos primeiros movimentos da partida, com rápidas trocas de passes e boas investidas pelos lados do campo. O Noia, por sua vez, se fechou bem e, a partir dos 20min, conseguiu equilibrar as ações, inclusive ameaçando no ataque. Aos 23min, Chicão soltou uma pancada, Danilo Fernandes encostou com a ponta dos dedos na bola e ela explodiu na trave. O Colorado ainda teve boa chance em cobrança de falta no finalzinho da etapa, mas o placar não foi alterado.

Inter volta melhor e decide

O time de Miguel Ángel Ramírez voltou reenergizado para a etapa final, espremendo o Novo Hamburgo no seu campo de defesa. Com sucessivas chances de gols criadas, o placar foi aberto aos 16min em um bela conclusão de Marcos Guilherme após cruzamento de Moisés.

O Inter manteve o controle da partida e esteve perto de ampliar em duas oportunidades com Abel Hernández, que havia entrado no lugar de Thiago Galhardo. O Novo Hamburgo também teve uma chance com Igor, em chute que acertou o peito do goleiro, mas o 1 a 0 foi definitivo.



Gostou? Compartilhe