Um jogo para chegar à Divisão de Acesso

Depois de vencer por 3 a 1 em Rio Grande, Gaúcho está mais próximo da vaga

Por
· 1 min de leitura
 Time focado na vaga - Foto – Luciano Breitkreitz-ON Time focado na vaga - Foto – Luciano Breitkreitz-ON
Time focado na vaga - Foto – Luciano Breitkreitz-ON
Você prefere ouvir essa matéria?

Depois de nove anos, o Sport Clube Gaúcho está muito próximo de retornar à Divisão de Acesso do Campeonato Gaúcho. A vaga pode ser conquistada neste sábado, às 11 horas, na Arena Wolmar Salton BSBIOS diante do Rio Grande. É o jogo de volta pela semifinal da Segundona Gaúcha. Na quarta-feira, em Rio Grande, no Estádio Arthur Lawson, o Periquito foi superior, vencendo o Rio Grande por 3 a 1. Os gols foram marcados por Renatinho, Luan e Marcel, descontando João Vitor de pênalti já nos acréscimos. Não há saldo qualificado na decisão, mas o Gaúcho ficou em vantagem e até pode perder por um gol de diferença neste sábado. O Rio Grande necessita de vitória por três gols de diferença ou por dois para levar a decisão aos pênaltis. No confronto estará em disputa uma vaga na final da Segundona e, consequentemente, a cobiçada vaga na Divisão de Acesso.

Desgaste e respeito

Se há vantagem no placar agregado, resta o desgaste de ida e volta a Rio Grande. Praticamente, nem sobrou tempo para a equipe do Gaúcho treinar. Foram praticamente 17 horas de viagem. “Chegamos às três e meia da manhã e hoje (quinta) fizemos apenas um trabalho na piscina da UPF”, contou o técnico Vanderson Pereira. Além dessa atividade regenerativa, o grupo terá apenas um exercício recreativo nesta sexta-feira. Vanderson lembra que o time do Rio Grande terá o desgaste apenas da viagem de vinda. E prega respeito, a começar pela história do adversário. “É o clube mais antigo do país. Também é bom lembrar que nas quartas reverteu um resultado negativo diante do 12 Horas”. Sobre a conotação decisiva da partida de sábado, disse que “é extremamente importante, depois de três anos batendo na trave. O grupo sabe da responsabilidade para não entregar de bandeja”.

Cinco desfalques

Após uma contaminação de Covid-19 que tirou de combate 10 atletas, a situação está mais tranquila no Gaúcho. Apenas o lateral Fernando está afastado por contaminação. Mas o técnico não poderá contar com Sérgio Barros, Bruno Beira, Caetano Valério e Matão, em recuperação de lesões. Mas para compor a equipe, ainda é necessário respeitar a limitação para atletas mais velhos na escalação. A formação do time não deve mudar muito em relação ao jogo de Rio Grande. Douglas Palagi; Gustavo, Igor, Léo Carioca e Paulo Fales; Baggio, Kauan ou Marcel, Willian e Luan; Renatinho e Welder. Também pode aparecer Maurício no meio de campo. Independente da escalação, o grupo está unido e sabe que poderá acender a fogueira de São João para aquecer a torcida alviverde no início deste inverno. 

Gostou? Compartilhe