QUINTA-FEIRA – 15 HORAS : Começa a decisão pelo título da Segundona

Gaúcho e Santa Cruz fazem o primeiro jogo da final na Arena

Por
· 2 min de leitura
Comemoração: Gaúcho está na final -Foto-Alex Borgmann-SCGComemoração: Gaúcho está na final -Foto-Alex Borgmann-SCG
Comemoração: Gaúcho está na final -Foto-Alex Borgmann-SCG
Você prefere ouvir essa matéria?

Com suas vagas garantidas na Divisão de Acesso, Sport Clube Gaúcho e Santa Cruz iniciam a grande final da Segunda Divisão do Campeonato Gaúcho. O título de campeão será decidido em dois jogos. A primeira partida da final é em Passo Fundo, nesta quinta-feira, 1/07, às 15 horas, na Arena Wolmar Salton BSBIOS. Será o confronto das duas equipes que, desde a fase classificatória, realizaram as melhores campanhas da competição. A segunda final será em Santa Cruz do Sul, no Estádio dos Plátanos, no próximo domingo, 04/07, às 11 horas. Para o Gaúcho, será a oportunidade de voltar a erguer um troféu de campeão. A última conquista foi em 2000, quando o Periquito foi o campeão da então Terceira Divisão, com o técnico Bebeto, tendo como presidente Jesus Mendes Castanho Neto e Rudimar Pedro como vice de futebol.

Subindo times

O técnico Vanderson Pereira é um especialista em subir times da Segunda Divisão. No seu currículo subiu o Marau, o Guarany de Bagé e, agora, o Gaúcho. “Situações diferentes. O Marau era um time recém-formado, o Guarany foi campeão estadual e com o Gaúcho a ligação é muito forte”, avaliou. Filho do lateral e zagueiro Joubert, que era capitão quando Ghion Pai (Marau) era o presidente, agora ele está ao lado de Ghion Júnior como presidente. Sobre o jogo de sábado, diz que foi “um momento único, com meu pai aqui acompanhando”. Emoção de lado e foco na decisão. “Os outros adversários tinham uma postura diferente e esperavam a gente atacar. Com o Santa Cruz certamente será diferente, um jogo de igual para igual”, completou Vanderson.

Mário Tito

Em meio ao frio, os treinamentos não pararam na Arena. O vice de futebol, Mário Tito, disse que “o título será ótimo para coroar a nossa campanha. O pessoal está treinando com afinco”. Também disse que a participação na Copinha será definida na próxima semana, após reunião de avaliação da temporada. Para o jogo desta quinta-feira, o Gaúcho não terá o volante Baggio que recebeu o terceiro cartão amarelo. O meia Sérgio Barros e o lateral Fernando estão em recuperação e poderão ser relacionados para a primeira final.


Tudo igual na história de Gaúcho e Santa Cruz

São 33 jogos, com 11 vitórias do Gaúcho, 11 do Santa Cruz e 11 empates

 O jornalista, escritor e pesquisador Lucas Scherer Cardoso resgata alguns momentos da história dos confrontos entre Gaúcho e Santa Cruz. As informações poder ser conferidas no site futeboldepassofundo.com.br

  • Gaúcho e Santa Cruz já se enfrentaram 33 vezes. Até aqui está tudo igual: 11 vitórias do Gaúcho, 11 do Santa Cruz e 11 empates. Foram 43 gols do Gaúcho e 45 gols do Santa Cruz.
  • O primeiro jogo foi um amistoso, no Wolmar Salton, em 1960, que terminou empatado em 1 a 1. O último, pela Segundona, ocorreu nos Plátanos em 2019, com vitória do Gaúcho por 1 a 0.
  • Em Passo Fundo foram 17 jogos, 10 vitórias do Gaúcho, 4 empates, 3 vitórias do Santa Cruz, 35 gols do Gaúcho, 18 gols do Santa Cruz.
  • Em 1997, a última queda “entre os grandes”. O Santa Cruz não encontra dificuldades para golear o Gaúcho por 4 a 0, no Estádio dos Plátanos, pela sexta rodada do returno. Com a derrota, o alviverde é rebaixado para a Segunda Divisão com três jogos de antecedência.
  • Confusão generalizada: do Wolmar Salton para a delegacia. Gaúcho 1 a 5 Santa Cruz pela Copa Bento Gonçalves, em 1985. O presidente do Gaúcho, Augusto “Marau” Ghion, deu um soco no auxiliar e levou outro do árbitro Urbano Knorst. 
- 1969: Bebeto divide com o goleiro Lory do Santa Cruz. Neste dia, ele marcou 4 gols e o Gaúcho venceu por 7 a 1 pelo campeonato estadual. Foto - futeboldepassofundo.com.br


Gostou? Compartilhe