DOMINGO – 11 HORAS: Gaúcho decide o título em Santa Cruz do Sul

Quinta-feira, o Periquito venceu o primeiro jogo e está em vantagem na final

Por
· 2 min de leitura
Maurício: cavadinha para abrir o placar (Foto: Alex Borgmann/SCG)Maurício: cavadinha para abrir o placar (Foto: Alex Borgmann/SCG)
Maurício: cavadinha para abrir o placar (Foto: Alex Borgmann/SCG)
Você prefere ouvir essa matéria?

Em Passo Fundo, o Sport Clube Gaúcho largou na frente na decisão com o Santa Cruz pelo título da Segunda Divisão do Campeonato Gaúcho. A primeira partida da final foi na quinta-feira, em Passo Fundo, na Arena Wolmar Salton BSBIOS, com a vitória do time da casa por 2 a 0. Com esse resultado na bagagem, o Gaúcho segue para Santa Cruz do Sul em busca do troféu de campeão. No domingo, enfrentará o Santa Cruz no segundo jogo da final. A partida está marcada para o Estádio dos Plátanos às 11 horas da manhã. Não há saldo qualificado e, assim, o campeão será conhecido pelo placar agregado. Em caso de empate o título será decidido na cobrança de pênaltis. Com a vantagem de 2 a 0 no placar da decisão, o Gaúcho pode até perder por diferença de um gol para erguer a taça.

 Jogo disputado

A primeira partida foi em nível digno de uma final de campeonato. Sem os chutões ou bola para o mato, apresentou duas equipes qualificadas e muito futebol. Já garantidos na Divisão de Acesso 2022, os primeiros minutos foram um ensaio do que seria o confronto entre Gaúcho e Santa Cruz. O time da casa teve as primeiras investidas ofensivas: aos 6 com Luan na pequena área, aos 11 em escanteio e aos 14, após cobrança de falta, em chute de Damasceno. Então o Santa Cruz cometeu várias faltas e, aos poucos, foi comandando o jogo. Aos 20, teve chute de Chiquinho defendido pelo goleiro Douglas e mais duas oportunidades. Somente aos 41 o Gaúcho voltou a preocupar a defesa do Santa. Após uma jogada rápida, Luan sofreu falta violenta. Pouco depois, ele teve um chute para fora e chegou o intervalo.

Golaços na Arena

O mesmo ímpeto ofensivo acompanhou o Gaúcho no início da segunda etapa. Com três minutos, após rápida troca de passes dos atacantes do time da casa, restou ao goleiro Diego Duarte derrubar o atacante Almeida: pênalti para o Gaúcho e, mesmo sendo o último elemento da defesa, ele não recebeu o cartão vermelho. Coisas do futebol, assim como, aos 4 minutos, na cobrança magistral: Maurício deu uma cavadinha e colocou a bola no ângulo esquerdo do gol do Santa Cruz: Gaúcho 1 x 0. Então, em busca do prejuízo, a resposta veio com Fogaça, em tentativa que parou nas mãos de Douglas. Com mais fôlego, o Gaúcho teve chances para ampliar aos 11, em bate e rebate na área, depois aos 13, quando Renatinho chutou por cima. Aos 22, novamente ele desperdiçou em tentativa para encobrir o goleiro. Jogo lá e cá e cruzamento perigoso do Santa Cruz foi interceptado nos pés do atacante por Douglas Palagi. Pressão dos visitantes, que tiveram grande chance aos 41, e sequência de escanteios e chutes defendidos pelo goleiro do Gaúcho. Mas a velocidade nas investidas da equipe do Gaúcho pelas pontas estonteava a defensiva dos visitantes. Foi assim que, aos 48, após mais uma jogada rápida, o garçom Luan serviu com maestria Renatinho. Mas desta vez ele não desperdiçou e, na saída do goleiro, chutou rasteiro entre as suas pernas para ampliar: Gaúcho 2 a 0. Mais quatro minutos para segurar a boa vantagem e o apito final. Mas a decisão só termina domingo no Estádio dos Plátanos.

Gaúcho 2 x 0 Santa Cruz

Gaúcho: Douglas Palagi; Gustavo, Igor, Léo Carioca e Paulo Fales (Velasque); Damasceno (Neto), Marcel, Maurício (Alisson); Renatinho, Almeida e Luan. Técnico: Vanderson Pereira

Santa Cruz: Diego Duarte; Ramon, Luis Henrique, Diego Rocha e Otávio; Ben-Hur (Leylon), David e Chiquinho (Pepeto); Laion, Juliano Fogaça e Nena. Técnico: Wiliam Campos

Arbitragem: Marco Aurélio Nunes Magalhães com Diego Luis Rosa da Rosa e João Marcelo Bonotto de Freitas.

Cartões: amarelos para Igor, Gustavo, Alisson e Luan (Gaúcho); Diego Rocha, Pepeto e David (Santa Cruz)

Gols: Maurício aos 4 e Renatinho, aos 48 do segundo tempo. 

Gostou? Compartilhe