Brasil está na final da Copa América

Seleção Brasileira venceu o Peru com gol de Lucas Paquetá

Por
· 1 min de leitura
Comandada por Tite, Seleção é finalista - Foto-Lucas Figueiredo-CBF-Comandada por Tite, Seleção é finalista - Foto-Lucas Figueiredo-CBF-
Comandada por Tite, Seleção é finalista - Foto-Lucas Figueiredo-CBF-
Você prefere ouvir essa matéria?

 Agora é final! Atual campeão da Copa América, o Brasil vai defender o título da competição na edição 2021. Nesta segunda-feira (5), a equipe comandada pelo técnico Tite venceu o Peru por 1 a 0 pela semifinal e garantiu vaga na grande decisão. No Nilton Santos, no Rio de Janeiro, Lucas Paquetá marcou o gol do triunfo da Canarinho. A finalíssima será disputada no próximo sábado (10), às 21h, no Maracanã. O adversário do Brasil sairá do confronto entre Argentina e Colômbia, que definem a outra vaga nesta terça-feira.

Domínio

O primeiro tempo do confronto no Rio de Janeiro foi de domínio total da Seleção Brasileira diante da equipe peruana. Aos sete minutos, Lucas Paquetá enfiou boa bola pela direita para Richarlison, que driblou o goleiro Gallese e cruzou para Neymar no meio. A zaga adversária chegou travando, e o camisa 10 não conseguiu mandar para o gol. O Brasil seguiu dando trabalho ao camisa 1 do Peru, que pegou o chute de canhota de Everton no minuto seguinte. Aos 18 minutos, outras defesas seguidas de Gallese. Primeiro, Casemiro mandou mais uma bomba de fora da área, obrigando a intervenção do goleiro. A pressão brasileira seguiu intensa até que, na marca dos 34, o placar foi inaugurado. Richarlison iniciou a jogada e passou para Neymar pela esquerda, que avançou, driblou os marcadores e tocou para o meio, onde Lucas Paquetá pegou de primeira para colocar o Brasil na frente: 1 a 0.

Equilíbrio

Na volta do intervalo, a partida ficou mais equilibrada. O Peru começou partindo para o ataque e, logo aos três minutos, Lapadula chutou cruzado da direita e Ederson fez ótima defesa. Depois, aos 15, o defensor da Canarinho também salvou a equipe ao espalmar a finalização de Raziel García. Aos 33, Renan Lodi foi acionado pela esquerda e finalizou cruzado para outra intervenção do goleiro peruano. Nos instantes finais, o técnico Tite fez mudanças no time, que manteve mais posse de bola, apostou em contra-ataques e administrou o resultado positivo até o apito final.

 Equipe

Brasil teve Ederson, Danilo, Thiago Silva, Marquinhos e Renan Lodi (Éder Militão); Casemiro, Fred (Fabinho) e Lucas Paquetá (Douglas Luiz); Everton (Everton Ribeiro), Richarlison (Vinicius Junior) e Neymar Jr.

 

 

Gostou? Compartilhe