SKATE - Treino histórico reúne atletas do Brasil em Tóquio

Foi o primeiro da modalidade que estreia em Jogos Olímpicos

Por
· 1 min de leitura
 Brasil no Ariake Sports Park Skateboarding (Foto - Gaspar Nóbrega/COB)  Brasil no Ariake Sports Park Skateboarding (Foto - Gaspar Nóbrega/COB)
Brasil no Ariake Sports Park Skateboarding (Foto - Gaspar Nóbrega/COB)
Você prefere ouvir essa matéria?

O que era um sonho dos atletas do skate e virou realidade com a entrada no programa olímpico, se materializou na tarde de terça-feira, 20, em Tóquio. Pela primeira vez, os skatistas puderam treinar no Ariake Sports Park Skateboarding, palco oficial da modalidade nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020. Mas, por enquanto, apenas na pista de aquecimento. O evento esportivo no Japão traz a tão sonhada estreia do skate. “Quando eu comecei a andar de skate nunca imaginei que um dia o esporte fosse fazer parte dos Jogos Olímpicos. Quando soube, em 2016, que isso iria acontecer, vi que seria um sonho a ser realizado. Parece que demorou muito para chegar esse dia, foi um processo longo, difícil, com muitas competições para poder viver esse momento único”, disse Leticia Bufoni, quarta colocada no ranking mundial na modalidade street.


Seis atletas

Neste primeiro dia de treinos no palco do skate em Tóquio, os seis atletas da seleção brasileira foram para a pista. No street feminino, além de Leticia, o Brasil conta com Pâmela Rosa e Rayssa Leal. No masculino, estão Felipe Gustavo, Giovanni Vianna e Kelvin Hoefler. No total, foram quase duas horas de atividades para dar "uma soltada", como definiu Kelvin, e testar as condições climáticas da competição.


Gostou? Compartilhe