Judô: Brasil estreia nesta sexta-feira em Tóquio

O Brasil estreia no tatame às 23h

Por
· 1 min de leitura
 13 judocas representam o país em Tóquio 2020 (Divulgação/COB) 13 judocas representam o país em Tóquio 2020 (Divulgação/COB)
13 judocas representam o país em Tóquio 2020 (Divulgação/COB)
Você prefere ouvir essa matéria?

Os adversários dos judocas brasileiros rumo ao pódio da Olimpíada de Tóquio (Japão) foram revelados na manhã de ontem (22) após sorteio das chaves nas 14 categorias em disputa, realizado pela Federação Internacional de Judô (IJF, sigla em inglês). O Brasil estreia no tatame já nesta sexta-feira (23), às 23h (horário de Brasília), com os pesos ligeiros Eric Takabatake (60kg/masculino) e Gabriela Chibana (48kg/feminino). A competição do judô prossegue até 31 de julho, com luta de uma categoria por dia, no masculino e no feminino. As lutas ocorrerão no Nippon Budokan, uma arena localizada no Parque Kitanomaru, na capital japonesa. Ao todo, 13 judocas representam o país em Tóquio 2020.Três deles só estrearão na segunda rodada. É o caso do peso pesado Rafael Silva (acima de 100 quilos), medalha de bronze nos Jogos de Londres (2012) e Rio 2016. No feminino, Mayara Aguiar, bicampeã mundial e bronze (Londres e Rio) e Maria Suelen Altheman, ambas na categoria acima de 78 kg, também folgam na primeira rodada.

Para chegar ao fase final da competição os judocas terão de avançar, pelo menos, até as quartas de final. A partir daí, quem vencer vai às semifinais, e os demais caem para a repescagem pela medalha de bronze. Os que passarem, vão competir por um dos dois bronzes, em todos os pesos. 

Gostou? Compartilhe