Grêmio perde nos acréscimos para o São Paulo

Tricolor segue na vice-lanterna do Brasileirão

Por
· 3 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

Grêmio e São Paulo se enfrentaram na noite deste sábado, no Estádio Morumbi, em jogo válido pela 16ª rodada do Brasileirão. Jogando fora de casa, o Tricolor acabou superado por 2 a 1 pelos donos da casa. O gol gremista foi assinalado por Vanderson. Vitor Bueno e Igor Gomes marcaram para os donos da casa. Com o resultado, a equipe de Felipão segue com 10 pontos na vice-lanterna da competição. O próximo compromisso será na quarta, contra o Cuiabá na Arena Pantanal.

Logo aos três minutos de bola rolando, o São Paulo chegou com muito perigo pela direita, quando Galeano passou pela marcação, invadiu a área e finalizou, mas Thiago Santos cortou em cima da linha, impedindo o que poderia ter sido o primeiro gol da partida. Já o Tricolor tentou responder ao ataque adversário com um lançamento buscando Alisson, aos 7’. O atacante recebeu e cruzou na área, mas a defesa paulista afastou. 

Outra chance adversária saiu em bola parada, a um passo da risca da grande área. Victor Bueno foi para a cobrança e chutou direto, mandando para o fundo das redes e abrindo o marcador, com 12 minutos do primeiro tempo. 

Vanderson empatou

Mas o Grêmio buscou logo responder e também ameaçou em falta. Jean Pyerre cobrou da esquerda, mas a bola explodiu na barreira. Logo em seguida, aos 19’, a efetividade. Da intermediária, pelo meio, Vanderson bateu uma falta com personalidade, com a parte interna do pé, mandando direto a gol. A bola bateu na trave e morreu no fundo das redes, igualando o placar no Morumbi. 

Já passados aos 29 minutos, o SP teve um escanteio a seu favor em que a bola foi colocada na área, mas a defesa gremista fez o corte. Já os gremistas tentaram com uma jogada rápida com Douglas Costa, que fez um cruzamento, Borja desviou, e a bola sobrou para Alisson, mas a marcação adversária conseguiu se recuperar e parar os gremistas. Mas logo em seguida, Alisson de novo, da meia direita, já na área, arrematou a gol, mandando por sobre a meta. 

Aos 36’, o Grêmio teve mais uma falta a seu favor. Vanderson novamente cobrou, mas desta vez a bola explodiu na barreira.  Já os paulistas chegaram com Vitor Bueno, que recebeu e finalizou. Chapecó fez a defesa com segurança. Com 40’, eles de novo no ataque. Desta vez, Igor Gomes e Igor Vinicius tabelaram pela direita e a bola foi cruzada na área para Galeano finalizar, mandando pra fora. 

O Grêmio voltou a campo com a mesma formação para a etapa complementar. 

Com 2 minutos jogados, Douglas Costa fez uma boa jogada pela meia esquerda, em velocidade e cruzou para trás, na área. Vanderson chegou para completar, mas o goleiro paulista fez grande defesa. 

Já o SP teve uma falta no minuto seguinte. A bola foi colocada na área, mas a zaga tricolor cortou com segurança. Na sequência, Luan arriscou de longe, chutando rasteiro. Gabriel Chapecó caiu e defendeu. 

Com seis minutos, o Grêmio chegou ao ataque com perigo, quando Douglas Costa tentou fazer um cruzamento na área, mas Diego Costa cortou a escanteio. Após a cobrança, Borja desviou de cabeça, mas Volpi segurou. 

O São Paulo chegou com muito perigo aos 15’. Reinaldo recebeu um passe de Vitor Bueno e finalizou, obrigando Chapecó a fazer uma grande defesa, mandando a escanteio. Outra boa chance adversária saiu dos pés de Vitor Bueno, que recebeu dentro da área e chutou na saída de Gabriel Chapecó - a bola saiu raspando a trave direita da meta gremista. 

Passados 22 minutos, o Tricolor teve uma nova falta da intermediária. Jean chutou direto e após desvio, a bola ficou com Volpi. 

A primeira alteração foi providenciada aos 28’, quando Darlan ocupou o lugar de Jean Pyerre.  

O SP seguiu pressionando, tanto que obrigou Chapecó a fazer outra boa defesa no chute de Rojas. 

Outra substituição foi feita pelo técnico Felipão: Douglas Costa saiu e entrou Luiz Fernando, aos 36’. 

O Grêmio teve um escanteio a seu favor na reta final. Alisson colocou na área, Borja tentou completar, mas a arbitragem assinalou falta de ataque do colombiano, com 38’ jogados. 

Aos 40’, Borja deu lugar a Léo Pereira e Alisson a Diogo Barbosa. 

Gol da vitória

Na reta final, os paulistas mandaram uma bola na trave e, na sequência, conseguiram assinalar o gol da vitória com Igor Gomes, aos 47', que recebeu um cruzamento da esquerda de Rigoni e mandou para o fundo do gol.


 



Gostou? Compartilhe