Morre o piloto de motocross Fabiano Ribeiro

Motociclista foi vítima de infarto antes de uma prova em Tupanciretã

Por
· 1 min de leitura
Fabiano era referência no motociclismo gaúcho – Arquivo pessoalFabiano era referência no motociclismo gaúcho – Arquivo pessoal
Fabiano era referência no motociclismo gaúcho – Arquivo pessoal
Você prefere ouvir essa matéria?

O motociclismo gaúcho foi abalado pela morte de Fabiano Ribeiro, neste sábado, vítima de infarto fulminante em Tupanciretã. Veterano no motociclismo gaúcho, disputou competições de motocross e velocross, colecionou títulos, troféus e liderou equipes. Ele mantinha o Box 75, uma equipe de preparação e competições, oficina e autopeças para motos . Natural de Porto Alegre, Fabiano residia em Passo Fundo e ostentava o número 75 nas motos em que pilotou. Estava em Tupanciretã para disputar a 3ª etapa do Campeonato Pro Tork Gaúcho de Velocross. Participou normalmente dos treinos classificatórios no início da manhã em Tupanciretã. Em seguida, já nos boxes, passou mal, foi socorrido e levado ao hospital onde morreu vítima de infarto.

Repercussão

Fabiano era um exponencial das duas rodas no Rio Grande do Sul, dentro e fora das pistas. Logo após a confirmação da sua morte surgiram as primeiras manifestações das entidades do motociclismo gaúcho. “A Federação Gaúcha de Motociclismo vem, com profundo lamento e gigantesco pesar, comunicar o precoce falecimento do piloto Fabiano Ribeiro #75, de Passo Fundo, ocorrido na manhã deste sábado, 25”, publicou a FGM em suas redes sociais. “A FGM estima as sinceras condolências aos familiares e todos os amigos do meio do motociclismo nacional. Descanse em paz, eterno campeão” finaliza a nota da Federação. Tambéem nas redes sociais, a Associação Passo-fundense de Motociclismo publicou “perdemos hoje uma grande pessoa, piloto e amigo de todos, um cara que vai deixar saudades, um piloto diferenciado, e uma pessoa do bem. Todos estamos sem entender e sem chão, querendo acreditar que nada é verdade, mas Deus acho que quer umas dicas de pilotagem, talvez porque tenha comprado uma moto e quer ser campeão como o amigo sempre foi, ir para as pistas e fazer bonito. Que descanse em paz nosso amigo gordo", diz a nota da APM.”

Gostou? Compartilhe