Para Eduardo Leite, saída de Teich demonstra falta de clareza do Governo Federal no combate à pandemia

Governador disse que a falta de continuidade no Ministério da Saúde traz incertezas em relação ao futuro, causando reflexos inclusive para a área econômica

Por
· 1 min de leitura
Divulgação/ONDivulgação/ON
Divulgação/ON
Você prefere ouvir essa matéria?

Durante a sua live  que trata sobre a atualização do Covid-19 no RS, o Governador Eduardo Leite falou sobre a saída de Nelson Teich do Ministério da Saúde. Para ele, o período que Teich permaneceu no cargo não foi suficiente para fazer uma avaliação das suas ações. “Tivemos hoje o pedido de demissão do Ministro Nelson Teich, e nós consideramos que sequer houve tempo para fazer uma avaliação, uma vez que neste mês tivemos apenas um contato dos ministros com os governos da região Sul do Brasil, e observávamos uma ação tímida, acanhada, que era justificada na medida em que a troca das equipes fez com que as ações perdessem velocidade”, esclareceu o Governador. Eduardo Leite ainda disse que que aguarda o pronunciamento do Ministério da Saúde sobre o tema, mas lamentou que neste momento de enfrentamento do Coronavírus, se tenha uma segunda troca no Ministério da Saúde, que é o principal Ministério neste momento. “Uma nova troca de equipe no Ministério da Saúde prejudica a condições do enfrentamento ao Coronavírus’, disse o Governador, que esperava neste momento uma continuidade das ações. Para ele, a falta de clareza em relação ao enfrentamento do Coronavírus pelo Governo Federal gera um efeito colateral grave, que é a falta de confiança no enfrentamento da Pandemia, bem como uma falta de esperança em relação ao futuro, tendo reflexos em todas as áreas, inclusive a econômica.  

Confirma como foi a live:


Gostou? Compartilhe