Ciclone-bomba causa destruição e mortes no RS e SC

Pelo menos oito pessoas morreram em Santa Catarina

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

Pelo menos 1.035 pessoas, em 16 cidades gaúchas, estão fora de casa em função do ciclone-bomba que atingiu o Rio Grande do Sul, provocando chuva e fortes ventos em diferentes regiões. Os dados são da Defesa Civil e foram divulgados na manhã de hoje. Ao menos 871 residências foram danificadas pela passagem do ciclone. Entre os municípios mais atingidos estão Vacaria, Capão Bonito do Sul e São Sebastião do Caí.

Do total de desalojados, 520 pessoas são de Vacaria, 400 em Capão Bonito do Sul, 73 em São Sebastião do Caí, 30 em Muitos Capões, além de oito em Cambará do Sul e quatro em Lagoa Vermelha.

A passagem do ciclone-bomba por Santa Catarina deixou pelo menos oito mortos. Uma pessoa está desaparecida. Segundo a Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros do estado, pelo menos 25 municípios foram diretamente atingidos. Mais de 1,5 milhão de casa ficaram sem energia e dezenas de árvores caíram.

Gostou? Compartilhe