Estado é retirado do cadastro de inadimplentes do Ministério da Educação

Em passagem pelo estado, ministro da Educação também anunciou R$ 300 mil para Mostratec de Novo Hamburgo

Escrito por
,
em

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Em visita ao Rio Grande do Sul, nesta quarta-feira (18), o ministro da Educação, Rossieli Soares, anunciou que o Rio Grande do Sul está fora da lista de inadimplência do Serviço Auxiliar de Informações para Transferências Voluntárias, o Cauc, um cadastro mantido pelo Ministério da Educação (MEC) que norteia as transferências de verbas feitas a estados e municípios. O anuncio foi feito durante audiência com o governador José Ivo Sartori, às 14h30, no Palácio Piratini.

 

De acordo com o ministro, a adimplência é pré-requisito fundamental para a transferência de valores relativos a projetos que envolvem aporte de órgãos federais, como o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). 

 

O ministro anunciou ainda a liberação de R$ 300 mil para a Mostra Internacional de Ciência e Tecnologia (Mostratec), que ocorre em outubro na Fundação Escola Técnica Liberato Salzano Vieira da Cunha, de Novo Hamburgo. "A Mostratec é uma feira muito importante para o Brasil, vem expositores de vários países. Uma parte do investimento irá permitir a participação de institutos federais e outra vai para a Fundação Liberato utilizar na organização do evento", explicou Rossieli.

Gostou? Compartilhe