Estado entrega armas e viaturas para a Susepe

Ao todo, foram investidos R$ 1,9 milhão, com recursos oriundos do governo federal e do Tesouro do Estado

Escrito por
,
em
Sartori disse que o poder público não consegue atingir plenamente os seus objetivos agindo isoladamente

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

O governo do Estado repassou, nesta quarta-feira (4), armamento e viaturas à Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe). O ato ocorreu na Secretaria da Segurança Pública (SSP), e contou com a presença do governador José Ivo Sartori e do secretário Cezar Schirmer.

 

Sartori salientou que o poder público não consegue atingir plenamente os seus objetivos agindo isoladamente, sendo necessária a busca por parcerias em todas as esferas. “Sempre buscaremos alternativas para qualificar e reforçar o trabalho de combate à criminalidade, tendo como meta a redução dos indicadores criminais e a promoção de uma cultura de não violência. O apoio do governo federal foi decisivo para aquisição desses bens, que reforçarão o nosso sistema penitenciário”, avaliou.

 

Ao todo, foram investidos R$ 1,9 milhão. Os recursos são oriundos do governo federal e do Tesouro do Estado. “Recentemente, promovemos o ingresso de 480 novos agentes. É necessário, também, investir no reaparelhamento da corporação. Essas viaturas, armas e munições serão fundamentais para dar aos servidores as condições de trabalho adequadas”, afirmou o secretário Cezar Schirmer.

 

Itens repassados à Susepe

Duas viaturas Nissan Versa R, motor 1.6, para atendimento de saúde
Custo unitário: R$ 50,8 mil
Custo total: R$ 101,7 mil, oriundos de convênio com Departamento Penitenciário Nacional (Depen);

 

330 pistolas 480, calibre .40
Custo unitário: R$ 1,5 mil
Custo total: R$ 498,1 mil, oriundos do Fundo Penitenciário Nacional (Funpen);

 

35 carabinas, calibre .40
Custo unitário: 3,5 mil
R$ Custo total: R$ 123,3 mil, oriundos do Funpen;

 

160 espingardas, calibre .12
Custo unitário: R$ 2,2 mil
Custo total: R$ 364,6 mil, oriundos do Funpen;

 

62,1 mil munições, para os calibres .12 e .40
Custo total: R$ 235 mil, oriundos do Funpen;

 

Duas viaturas, doadas pelo Depen, modelo Ford F-4000, equipadas com compartimento cela
Custo unitário: R$ 294,7 mil
Custo total: R$ 589,4 mil.

Gostou? Compartilhe