Evento aproxima trabalhadores de 2,7 mil vagas de emprego nesta sexta-feira

As oportunidades já podem ser aproveitadas pelos trabalhadores que entrarem em contato com as agências FGTAS-Sine

Escrito por
,
em
Diretor-presidente da FGTAS, Rogério Grade, trouxe mais detalhes sobre 5ª edição do EmpregarRS

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

O Dia D que aproxima os cidadãos das oportunidades de emprego acontece nesta sexta-feira (15), das 9h às 16h, em 81 municípios gaúchos, durante a 5ª edição do EmpregarRS, promovido pela Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS). Considerado o maior evento de empregabilidade do Rio Grande do Sul, e referência no cenário nacional, o EmpregarRS disponibilizará pelo menos 2.790 vagas para os trabalhadores que comparecerem ao evento. O diretor-presidente da FGTAS, Rogério Grade, falou sobre o assunto no programa Governo em Rede, da Rádio Piratini, nesta quarta-feira (13).

"Nosso objetivo é aproximar empregadores e trabalhadores num um único espaço para realização de entrevistas e possíveis contratações no mesmo dia. Queremos superar o número das mais de 171 empresas que participaram no ano passado e os mais de 14 mil trabalhadores atendidos. Já temos a confirmação de 145, e somente em Porto Alegre, serão mais de 20 empresas que vão participar", destacou Rogério Grade.

As oportunidades já podem ser aproveitadas pelos trabalhadores que entrarem em contato com as agências FGTAS-Sine, adiantando assim o encaminhamento para possíveis entrevistas de emprego. Das 140 agências, 81 estão mobilizadas para o atendimento. Os trabalhadores interessados devem comparecer ao local munidos com a Carteira de Trabalho. Todos os serviços são gratuitos.


"São empregos que, na grande maioria, exigem escolaridade, mas não tanto em experiência. É uma grande oportunidade. A gente se sente feliz e muito empenhado em ajudar quem está procurando emprego", afirmou o diretor-presidente.

Serão ofertadas vagas em todas as áreas e principalmente nos setores do comércio, indústria, serviços, agropecuária e construção civil. As faixas salariais variam de R$ 954 até R$ 2 mil. Das mais de 2,7 mil oportunidades, a maior concentração está em Porto Alegre, onde serão ofertadas 358, e na Região Metropolitana, com 742 vagas. Conforme Rogério Grade, a quantidade de vagas ainda pode aumentar até o dia do evento pela procura e interesse de empregadores. 

"O trabalhador que apresentar seu documento no dia do evento deve receber uma carta de encaminhamento para entrevista com o empregador. Os interessados podem agilizar o atendimento nas agências, que já estão disponibilizando as cartas de encaminhamento para facilitar o processo", ressaltou.

 

Acordo de Resultados

A FGTAS integra o Acordo de Resultados, ferramenta do governo do Estado para monitorar e acompanhar ações e metas do Executivo. Segundo o diretor-presidente da fundação, as metas de inserção de trabalhadores no mercado e encaminhamento de Carteiras de Trabalho estão sendo superadas. "No primeiro trimestre, foram efetuadas mais de seis mil colocações. Já de janeiro a abril de 2018, encaminhamos cerca de 70 mil carteiras de trabalho. A gente tem superado metas importantíssimas".

Entre outras metas, está o projeto Sine na Escola, que orienta estudantes sobre o mercado e os serviços, que já desenvolveu 19 atividades até o mês de maio. "Estamos preparando também mais seis seminários de orientação ao mundo do trabalho, no Programa Gaúcho do Artesanato, com foco no artesão e qualificação de detentos e egressos de presídios. E temos o Programa Vida Centro Humanístico, onde mais de 20 mil atendimentos foram realizados somente neste ano. É gratificante ver o trabalho de todas as entidades e parceiros em prol das comunidades que mais necessitam", comemorou. 

Sobre a fundação 

A FGTAS realiza um trabalho voltado ao desenvolvimento social através da intermediação de mão de obra, encaminhamentos de carteiras de trabalho e seguro-desemprego. É uma rede presente em 138 municípios com 140 unidades, sendo 11 balcões Cidadão e 130 agências FGTAS-Sine interligadas ao sistema do Ministério do Trabalho, o Emprega Brasil. São 117 agências que oferecem o serviço para solicitar a Carteira de Trabalho, e por meio das unidades do Balcão Cidadão já foram encaminhadas 593.576 vias no ano passado.

 

Para 2018, foi autorizada a abertura de agências em Butiá e Imbé e estão em andamento a implantação em Eldorado do Sul, Minas do Leão e Palmares do Sul. Recentemente, foi assinada a implantação de mais um Balcão Cidadão em Pedro Osório e em Arroio do Sal. 

"As agências FGTAS-Sine são os grandes parceiros de quem procura emprego, é quem acolhe as pessoas que necessitam de uma oportunidade, e as empresas que também necessitam de trabalhadores", finalizou Grade. 

O programa Governo em Rede, transmitido nas quartas-feiras, foi apresentado pelos jornalistas Andrea Martins e Heron Vidal. 

Gostou? Compartilhe