Fórum de TI do Banrisul discute as tendências tecnológicas para os próximos anos

Sartori citou como exemplos o Pilas RS, o Dados Abertos, o Facilita, a Junta Digital e o Licenciamento Ambiental Online

Escrito por
,
em

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Tecnologia, tendências de mercado, segurança digital e inovação são algumas das discussões que ocorrem durante o 11º Fórum Internacional de TI Banrisul, em Porto Alegre. Nesta quarta-feira (23) aconteceu a abertura oficial do evento, no Teatro do Bourbon Country, que contou com a presença do governador José Ivo Sartori.

 

Com o tema ‘A era da inovação disruptiva’, especialistas nacionais e internacionais de diferentes áreas se reúnem para uma discussão sobre os caminhos presentes e futuros que conduzirão o mercado. O fórum segue até esta quinta-feira (24).

 

“Desde que a tecnologia entrou em nossas vidas, as mudanças ocorrem cada vez mais rapidamente. Estamos diante de uma tendência irreversível, e não podemos mais ignorar essa onipresença em todas as áreas. Por isso, se faz cada vez mais necessário o uso inteligente da tecnologia”, afirmou o governador.

 

Sartori falou que as gerações atuais estão cada vez mais conectadas, tudo está interligado e frisou que o Estado também tem se atualizado e se conectado a este mundo. Como exemplo citou o Pilas RS, o Dados Abertos, o Facilita, a Junta Digital e o Licenciamento Ambiental Online.

 

“A tecnologia vem contribuindo para a dinâmica e a produtividade em diversos setores e pode ser uma grande parceira no processo de desburocratização do estado. Os governos não podem mais ignorar que a tecnologia da informação veio para promover a gestão”, ressaltou o chefe do Executivo.

 

O governador enalteceu o fórum, que tornou-se ao longo de 10 anos um dos principais eventos de tecnologia da informação do Brasil. “Foi muito feliz a escolha do tema deste ano. Disruptivo é algo que tem capacidade para romper ou alterar. Que rompe. Acho que podemos traçar aqui um paralelo com a situação que vivemos hoje no estado. Demos início a um processo altamente disruptivo, que muda a forma de pensar o Estado. A maneira como enfrentamos a crise financeira e estamos reestruturando o estado está transformando o Rio Grande e provocando a sociedade a repensar a forma como vê o estado”, enfatizou Sartori.

 

O presidente do Banrisul, Luiz Gonzaga Veras Mota, disse que o fórum vem para discutir temas que estão vindo e transformando a vida da sociedade e destacou que o compromisso do banco é evoluir sempre em favor da sociedade. “O comprometimento de toda a equipe é para levar o que há melhor para nossos clientes, pensando sempre em melhorar a vida das pessoas. Fazendo isso sempre com a segurança em primeiro plano”, garantiu.

 

Mota falou ainda que os clientes, e a sociedade em geral, vem acompanhando essa evolução tecnológica e o crescimento por serviços online que facilitam a vida de todos. Em março, metade das operações financeiras do Banrisul foram feitas por canais digitais.

Gostou? Compartilhe