Missão gaúcha viaja à Alemanha para atrair investimentos

Vice-governador coordena a missão à Alemanha

Escrito por
,
em

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Com o objetivo de atrair investimentos para o Rio Grande do Sul e conhecer novas tecnologias, uma comitiva do governo do Estado desembarca neste final de semana na Alemanha para participar do 36º Encontro Econômico Brasil-Alemanha 2018 (EEBA), que ocorrerá de 24 a 26 de junho em Colônia. 

 

Liderada pelo vice-governador José Paulo Cairoli, a missão é composta ainda pela secretária de Minas e Energia, Suzana Kakuta, e pelo secretário do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Evandro Fontana.

 

O EEBA reúne autoridades governamentais e lideranças empresariais dos dois países para discutir e buscar a ampliação de investimentos e novas formas de cooperação. Também devem participar do encontro na cidade alemã dirigentes da Fiergs (Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul), tendo à frente o presidente Gilberto Porcello Petry.

 

Com edições anuais, o evento acontece alternadamente no Brasil e na Alemanha. A Fiergs, inclusive, foi anfitriã do 35º Encontro, ocorrido em 2017, em solo gaúcho. Neste ano, o evento busca reunir cerca de 600 empresários alemães e brasileiros interessados em estreitar relações, fazer intercâmbio de tecnologias, concretizar parcerias e fechar negócios. Palestras, seminários, visitas técnicas e encontros de negócios integram a programação.

 

Em paralelo ao evento, a comitiva gaúcha fará uma visita técnica ao Duisport, o maior porto fluvial do mundo. No dia 27, após o encerramento do EEBA, o grupo viaja até Mainz, capital do estado de Rheinland-Pfalz, para conhecer um importante projeto de energias renováveis, incluindo a Juwi, uma das líderes mundiais da área e que tem interesse em investimentos Rio Grande do Sul.

 

Em Essen, no dia 28, a comitiva buscará concretizar negócios com Nordrhein-Westfalen nas áreas de energias renováveis, carboquímica, inovação e metalmecânica.

 

O Encontro Econômico Brasil-Alemanha é uma realização da Confederação Nacional da Indústria (CNI), da Federação das Indústrias Alemãs (BDI), com o apoio da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha (AHK). Em 2019, o anfitrião deve ser o Rio Grande do Norte. 

Gostou? Compartilhe