Operação Viagem Segura do Dia do Trabalho se estende de sexta a terça-feira

O Dia do Trabalho é o terceiro feriado com mais mortes nas vias gaúchas, atrás do Dia das Mães e do Dia dos Pais

Escrito por
,
em

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

O Dia do Trabalho é uma das datas que mais preocupam os órgãos e as instituições que atuam na Viagem Segura. Entre 2007 e 2017, esse foi o terceiro feriado com mais mortes nas vias gaúchas, atrás apenas do Dia das Mães e do Dia dos Pais. Por essa razão, as autoridades de trânsito estarão em campo buscando coibir comportamentos de risco. Mesmo não se tratando de um feriadão prolongado, pois segunda-feira (30) é dia útil, a 88ª edição da Operação Viagem Segura se estenderá por cinco dias, de sexta (27) a terça-feira (1º). Como já é tradicional em Porto Alegre, haverá Megablitz na noite de sexta.

 

Analisando os acidentes do período de 2007 a 2017, o Detran RS identificou que o Dia do Trabalho tem uma média de 7,1 falecimentos por dia, pouco abaixo da média diária dos finais de semana em que não há operação (7,3 óbitos/dia) – e bem acima da média geral dos 15 feriados e datas comemorativas em que a operação acontece (6,3 mortes/dia). Isso corresponde a dizer que a cada 3 horas e 22 minutos, uma pessoa perde a vida no trânsito, no feriado do Dia do Trabalho. No ano passado, foram 24 mortes em quatro dias de operação, considerando as pessoas que morreram até 30 dias pós-acidente. Em 2016, foram 15 mortes no mesmo período.

 

Detran RS Vítimas FataisDetran RS Vítimas Fatais - Foto: Detran RS

 

Quanto aos locais em que ocorreram os óbitos, 61% são rodovias (federais e estaduais). Nos municípios, destaca-se Porto Alegre (14 mortes), seguida por Pelotas (nove) e Gravataí (oito). Somente as rodovias BR-116, BR-290 e RS-122 respondem por 23,5% das mortes ocorridas no período. A análise identifica informações estratégicas que permitem o emprego mais eficaz dos efetivos de policiamento e fiscalização de trânsito, bem como ações educativas preventivas.

 

Detran RS Dia do Trabalho 2007 a 2017Detran RS Dia do Trabalho 2007 a 2017 - Foto: Detran RS

 

Sobre a Viagem Segura

Um dos principais programas de segurança no trânsito no Rio Grande do Sul, a Operação Viagem Segura reúne órgãos de fiscalização e instituições parceiras para prevenir acidentes nos feriados e principais datas comemorativas. Polícia Rodoviária Federal (PRF), Brigada Militar (BM), Comando Rodoviário da BM (CRBM), Detran RS e Polícia Civil reforçam a fiscalização e promovem ações de conscientização com o apoio da ANTT, Dnit, Cetran RS, Daer, EGR, Famurs, além de representantes da sociedade civil organizada, como o Lions Club e o Instituto Zero Acidente.

 

Desde o feriado de Proclamação da República de 2011 já foram realizadas 87 operações, com mais de 5,2 milhões de veículos fiscalizados e 195,7 mil testes de etilômetro realizados. Foram registradas mais de 925,7 mil infrações, sendo 18,3 mil autuações por embriaguez, incluindo as recusas ao teste do bafômetro. A fiscalização também recolheu 87,8 mil veículos e mais de 23,8 mil CNHs.

Gostou? Compartilhe