Programa Troca-Troca de Sementes completa 30 anos financiando safras de milho e sorgo

O Rio Grande do Sul tem uma demanda de aproximadamente 6,5 milhões de toneladas de milho ao ano e produção abaixo de 5 milhões de toneladas", comentou Minetto

Escrito por
,
em
ecretário Minetto assinou termo de cooperação para adesão ao programa durante congresso da Famurs

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Os 30 anos do programa Troca-Troca de Sementes, celebrados este ano, foram marcados com um ato durante o 38º Congresso de Municípios do Rio Grande do Sul, promovido pela Federação das Associações de Municípios do RS (Famurs), na Assembleia Legislativa. Para destacar a continuidade do programa de Estado criado em 1988, o secretário do Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR), Tarcisio Minetto, assinou termo de cooperação para adesão ao programa com o prefeito de Garibaldi, Antonio Cettolin, que assumiu a presidência da Famurs. Na safra 2018-2019, o Troca-Troca vai beneficiar 58.518 agricultores, com 170.220 sacas de milho.

 

"O Rio Grande do Sul tem uma demanda de aproximadamente 6,5 milhões de toneladas de milho ao ano e produção abaixo de 5 milhões de toneladas", comentou Minetto. "A cada safra, o Troca-Troca representa a disponibilidade de sementes a baixo custo para plantio em 25% da área de milho, assim o Estado acaba financiando uma safra cheia a cada quatro anos", disse.

 

Acompanharam o ato de assinatura o vice-governador, José Paulo Cairoli; o presidente da Fetag-RS, Carlos Joel da Silva; o secretário da Agricultura, Pecuária e Irrigação, Odacir Klein; e o ex-presidente da Famurs Salmo Dias de Oliveira. Durante o congresso dos municípios, a SDR recolheu assinaturas de prefeituras que manifestaram interesse em receber as sementes de milho e sorgo para esta safra. O termo de cooperação tem validade de cinco anos.

 

Estímulo à produção

O programa Troca-Troca leva ao campo sementes de milho e sorgo com subsídio de 28%. Com essa ação, o Estado estimula o aumento da produção e da produtividade, gerando desenvolvimento e qualidade à vida dos agricultores, fixando-o no meio rural e garantindo sustentabilidade ao setor.

Gostou? Compartilhe