Secretaria da Educação começa a receber sugestões sobre novo currículo escolar

Plataforma do Referencial Curricular Gaúcho está disponível no portal da Seduc

Escrito por
,
em

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

A Secretaria da Educação (Seduc) disponibiliza uma plataforma digital para receber sugestões de educadores que queiram participar da consulta pública para a formatação do Novo Referencial Curricular Gaúcho. Após se cadastrarem no site, os educadores das redes estadual e municipal e de escolas privadas poderão sugerir assuntos para o novo currículo, a ser implantado a partir de 2019.

 

A iniciativa, promovida pela União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e pelo Sindicato do Ensino Privado do Rio Grande do Sul (Sinepe-RS), tem o objetivo de criar uma base comum curricular integrada, trabalhando temáticas regionais como história, cultura e diversidade étnico-racial, de forma complementar à Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

 

Para a diretora do Departamento Pedagógico da Seduc, Sônia Rosa, a implantação da BNCC e a construção do Referencial Curricular Gaúcho entram em uma etapa decisiva com amplo debate e participação dos educadores gaúchos. “A plataforma está disponível para que todos os professores participem e construam, de fato, o novo currículo”, afirmou.

 

A etapa seguinte será em junho, quando ocorrerão audiências públicas sobre o tema, com a participação da comunidade escolar do Rio Grande do Sul.

 

Veja o tutorial para participar.

Gostou? Compartilhe