Votação da Consulta Popular inicia nesta terça-feira

Processo segue até o dia 28 de julho

Escrito por
,
em

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?
A consulta popular, organizada pela Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão (SPGG) e pelos Conselhos Regionais de Desenvolvimento (Coredes), será realizada a partir desta terça-feira (26) e segue até o dia 28 de junho de 2018 no Rio Grande do Sul.  A votação será apenas em meio digital, de forma on-line, pelo site da Consulta Popular, e de forma off-line, com a utilização de aplicativo desenvolvido pela Procergs e disponibilizado para uso dos Coredes e Comudes para a captação de votos. Para a votação, é necessário informar o número do título de eleitor.
 
Conheça os principais projetos elencados no Corede Produção:
1 - SEAPI - Manejo e conservação de solo
2 - SSP - Videomonitoramento e cercamento eletrônico
3 - SOP - Apoio à recuperação de estradas vicinais
4 - SEMA - Implementação de planos, programas e projetos ambientais
5 - SDR - Apoio ao desenvolvimento da agricultura familiar
6 - SEDUC - Implementação de espaços pedagógicos que favorecem a aprendizagem
 
Estado

Os principais projetos para cada uma das 28 regiões do Rio Grande do Sul, que representam os 497 municípios. De terça (26) até quinta-feira (28), os cidadãos poderão escolher as prioridades regionais - definidas anteriormente em assembleias - na votação da Consulta Popular. O governo do Estado vai investir R$ 80 milhões, valor 33% a mais do que foi distribuído no ano passado (R$ 60 milhões).

 

Cada um dos 28 Conselhos Regionais de Desenvolvimento (Coredes) homologou entre seis e dez projetos mais relevantes. Eles estarão disponíveis para escolha nas cédulas de votação. Os que receberem mais votos terão as verbas destinadas para implantação.

 

Como votar

Coordenada pela Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão (SPGG), a votação ocorre a partir das 8h desta terça (26) pela internet. Além do site da Consulta da Popular, a novidade é que será possível votar acessando o aplicativo de celular Facilita RS.

 

Outras opções são o voto presencial, em locais a serem definidos pelos Coredes, e via SMS (número 27902, com a mensagem RSVOTO#Título do Eleitor#n° do programa).

 

Em 2017, foram mais de 705 mil eleitores. Este ano, a expectativa é que ultrapasse um milhão de votos. Após escolhidos os projetos, eles serão inclusos no Orçamento do Estado para 2019. O governo já pagou todos os projetos executados nos anos de 2016 e 2017. Os novos serão quitados até julho.

 

Histórico

Instituída em 1998, a Consulta Popular é um instrumento de participação da sociedade, que define parte dos investimentos que constarão no Orçamento do Estado. Anualmente, o governo fixa o valor que será submetido à deliberação da população. A quantia é distribuída entre as regiões de acordo com critérios como quantidade de habitantes e Índice de Desenvolvimento Socioeconômico (Idese).

Gostou? Compartilhe