80% das lavouras de trigo estão colhidas no RS

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

No Rio Grande do Sul, 80% das lavouras de trigo foram colhidas, estando 2% em enchimento de grãos e 18% em maturação, característica que se configura entre a maturação fisiológica e o ponto de colheita. Em todas as regiões produtoras, a manutenção da alta umidade no solo e os grandes volumes de precipitação dificultaram a colheita. Lavouras colhidas apresentaram rendimentos regulares, mas com baixa qualidade do produto colhido. Na região de Ijuí, o produto colhido no final de semana apresentou PH entre 70 e 73 e, algumas lavouras, o PH está abaixo de 70.

A canola está praticamente colhida (99% das lavouras) no Estado. Na região de Ijuí, a produtividade oscilou em virtude das condições do tempo, que promoveram perdas de rendimento que variaram entre três e 42 sacos por hectare.

Na cevada, a cultura está 88% colhida, sendo que 2% das lavouras estão na fase de enchimento de grãos e 10% em maturação. Na regional de Ijuí, onde a colheita está encerrada, o produto final não atendeu às exigências da indústria cervejeira, por apresentar baixo poder de germinação dos grãos e presença de micotoxinas. A produtividade média das lavouras alcançou o rendimento de 50 sacos por hectare e o preço médio regional praticado foi de R$ 51,00/sc. de 60 quilos.

A cultura da aveia branca aproxima-se do final de ciclo, chegando a 91% das lavouras colhidas e 9% na fase de maturação. Na região de Santa Rosa, a maior parte da produção está sendo destinada para sementes e a produtividade média tem se mantido em dois mil quilos por hectare.

Gostou? Compartilhe