Detran/RS lança curso de ensino à distância

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Representantes de instituições de Pelotas e de Rio Grande participam, a partir desta segunda-feira (05), da primeira edição do curso para Multiplicadores em Educação para o Trânsito promovido pelo Detran/RS na modalidade EAD (ensino à distância). Trata-se da versão virtual de um projeto que, em sua modalidade presencial, conquistou o 2º lugar no prêmio Denatran de 2011, na categoria programas e projetos em educação para o trânsito. 

"O objetivo maior de toda atividade do Detran/RS é a redução da acidentalidade e essa atividade não é diferente. A proposta é capacitar lideranças para criar e aplicar projetos voltados à segurança no trânsito, consideradas as peculiaridades locais", explica o diretor-presidente do Detran/RS, Leonardo Kauer. 

Nesta primeira fase, estão sendo oferecidas 20 vagas para cada município integrado à rede da operação Balada Segura. O curso ocorre integralmente na modalidade à distância e utiliza plataforma de software livre para mediar o processo de ensino e aprendizagem. Inclui, além do acesso às aulas, atendimento de tutoria das 7h às 19h, atividades de pesquisa e fóruns. 

No currículo, tópicos como contextualização do tema trânsito, tratamento de dados estatísticos, características dos diferentes públicos, embasamento político-pedagógico, oportunidades oferecidas pela abordagem transversal do tema e diretrizes para a elaboração de projetos. 

Com carga-horária de 48h, distribuídas em oito semanas, o curso fornece certificado a seus participantes. Os alunos foram indicados pelas instituições que participaram das atividades de sensibilização das comunidades realizadas pelo Detran/RS no interior do Estado. Entre elas, no caso desta edição voltada a Pelotas e Rio Grande, estão escolas, Centros de Formação de Condutores, órgãos das prefeituras e câmaras de vereadores. 

Gostou? Compartilhe