Empresa Gaúcha de Rodovias volta a operar com cartão Visa Vale-Pedágio

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?
A Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) voltou a operar, desde esta quarta-feira (19), com o cartão Visa Vale-Pedágio nas praças de Boa Vista do Sul e de Flores da Cunha. Em Encantado e Cruzeiro do Sul, o dispositivo voltará a ser aceito a partir do final da tarde desta quinta-feira (20). 

O presidente da EGR, Luiz Carlos Bertotto, destacou que o horário de início da operação depende apenas da instalação das máquinas, que estão sendo transportadas para as praças pela empresa Cielo, operadora das máquinas de débito. Serão instaladas máquinas do Vale-Pedágio Visa em cada uma das quatro praças de pedágio assumidas pela EGR na última quarta-feira, 12 de junho. 

Em razão de problemas operacionais, o recebimento das tarifas por este meio eletrônico estava suspenso há uma semana nas praças de Flores da Cunha, Boa Vista do Sul, Encantado e Cruzeiro do Sul. A direção da EGR ressalta que a empresa vem operando normalmente com os cartões das bandeiras DBTrans Auto Expresso e Via Fácil em todas as praças que administra. 

Vale-Pedágio 
O vale-pedágio é utilizado por caminhoneiros autônomos. Instituído pela Lei 10.209/2001, ele desonera o transportador do pagamento do pedágio, transferindo essa obrigação para os embarcadores ou equiparados, que passaram a ser responsáveis pelo pagamento antecipado e fornecimento do respectivo comprovante ao transportador rodoviário.

Gostou? Compartilhe