Governador assina nova linha de crédito para o agronegócio

Foi firmada a primeira linha de crédito do Banco do Brasil com agricultores gaúchos que aderiram ao Programa Estadual de Produção e Qualidade do Milho (Pró-Milho RS)

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Com a presença do governador Eduardo Leite, da ministra da Agricultura, Tereza Cristina, e do ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, foi assinada a primeira linha de crédito do Banco do Brasil com agricultores gaúchos que aderiram ao Programa Estadual de Produção e Qualidade do Milho (Pró-Milho RS).

A cerimônia, realizada nesta segunda-feira (2), primeiro dia da 21ª Expodireto Cotrijal, em Não-Me-Toque, também contou com a presença do superintendente do Banco do Brasil no Rio Grande do Sul, Everton Kapfenberger.

Os produtores rurais José Artur Bortolini e Roberto Bertolini, do município de Getúlio Vargas, assinaram o contrato de aquisição de um pivô para a irrigação de uma área de 30 hectares de milho.

Durante a solenidade, o governador destacou a relevância do Pró-Milho RS frente a um cenário de estiagem vivido pelos produtores rurais gaúchos. “O programa atua em três frentes: produção, qualidade e crédito e comercialização. Em todas elas precisamos de parcerias com as instituições financeiras para poder disponibilizar os recursos com agilidade, possibilitando a irrigação para que tenhamos a redução dos transtornos causados pelas alterações climáticas”, disse Leite.

O Pró-Milho RS é um programa do Governo do Estado que visa aumentar a produção de milho, tornando o Rio Grande do Sul autossufuciente no cereal. O programa foi lançado pela Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr) no dia 7 de fevereiro, durante a 9ª Abertura da Colheita do Milho, que ocorreu em Chiapetta, na região Noroeste.

BRDE e cooperativas assinam contratos de financiamento

O governador também acompanhou a assinatura de três termos de contrato de cooperativas do setor agropecuário com o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), que foi representado no ato pelo seu vice-presidente, Luiz Corrêa Noronha.

A Três Tentos Agroindustrial celebrou a contratação de um financiamento no valor de R$ 51 milhões, que serão investidos na indústria de biodiesel. A Creral Cooperativa de Geração de Energia e Desenvolvimento firmou o financiamento de R$ 30 milhões. O foco é a produção de energia através da queima de Casca de arroz.

Por fim, o banco oficializou com a Coprel Cooperativa de Energia o financiamento de R$ 6 milhões, que servirá para a implementação da rede trifásica no meio rural.

 

Gostou? Compartilhe