RS tem pequeno avanço no índice de isolamento social na última semana

A região de Passo Fundo é a oitava do estado com menor isolamento

Por
· 1 min de leitura
A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda distanciamento mínimo de 50% (Foto: Arquivo /Divulgação)A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda distanciamento mínimo de 50% (Foto: Arquivo /Divulgação)
A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda distanciamento mínimo de 50% (Foto: Arquivo /Divulgação)

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Após despencar no placar em termos de isolamento social no comparativo com os demais Estados, o Rio Grande do Sul registrou uma pequena reação na última semana e agora aparece entre as três primeiras posições.

No monitoramento do período de sete dias encerrado neste domingo (1º/8), o índice da população que evitou aglomerações ficou em 42,1%. Na semana anterior, o percentual estava em 41,4%, quando o RS figurou na 10ª colocação nacional.

O índice gaúcho segue à frente da média apurada em todo o país, que pela segunda semana seguida ficou em 40,3%. O RS tem números mais positivos que os demais Estados do Sul, ficando atrás apenas de Acre (43,3%) e Piauí (42,9%).

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda distanciamento mínimo de 50%, patamar que na última semana os gaúchos se aproximaram apenas nos finais de semana (47%). Neste aspecto, a pesquisa desenvolvida pelo Comitê de Dados para o enfrentamento da Covid-19 mostra que o RS segue com uma diferença de isolamento entre os dias úteis (38,7%) e o fim de semana (44,3%) maior do que no restante do Brasil.

Isolamento nas regiões

Conforme o mais recente estudo a partir do monitoramento de aplicativos em celulares, com base em dados disponibilizados pela empresa InLoco, as regiões de Lajeado (37%), Bagé (37,4%), Santa Cruz do Sul (38,4%), Santa Rosa (38,4%) e Caxias do Sul (38,6%) apresentaram os menores índices de isolamento social no Estado.

A população de Lajeado apresentou praticamente o mesmo comportamento da semana anterior (36,9%), quando também ficou com o menor percentual no RS. Depois de 11 semanas seguidas em bandeira laranja pelo modelo de Distanciamento Controlado, a região acaba de ingressar na classificação de alto risco (vermelha) em termos de enfrentamento da pandemia, conforme divulgação preliminar divulgada na sexta-feira (31/7).

As regiões de Pelotas (44,5%), Porto Alegre (43,6%), Capão da Canoa (42,9%), Uruguaiana (41,5%) e Canoas (41%) são, pela ordem, as que apresentaram os melhores indicadores. Em algumas dessas áreas, o índice de isolamento beirou os 50% nos finais de semana.

Na região de Passo Fundo, o índice de isolamento ficou em 40,1%. No final de semana, o índice chega a 45,2%, mas nos dias úteis o isolamento ficou em 38,1%. A região é a oitava do estado com menor isolamento.

O estudo passou a ser apresentado aos integrantes do Gabinete de Crise do governo do Estado nas reuniões das segundas-feiras, quando são analisados os recursos de prefeituras e associações de municípios à versão preliminar do mapa do Distanciamento Controlado que passa vigorar no dia seguinte.

Gostou? Compartilhe