Agências FGTAS/Sine oferecem mais de 600 vagas de trabalho no RS

Para se candidatar às vagas de emprego, basta acessar o aplicativo Sine Fácil

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

As Agências FGTAS/Sine dispõem de 604 vagas de trabalho abertas no RS. Para se candidatar às vagas de emprego, basta acessar o aplicativo Sine Fácil (disponível na Play Store e Apple Store) ou entrar em contato com a Agência FGTAS/Sine mais próxima. A lista de e-mails, telefones e whats app das unidades está no final da matéria.

As ocupações com os maiores números de vagas abertas são alimentador de linha de produção (126), operador de caixa (104), vendedor pracista (33), motorista de caminhão (27) e vendedor em domicílio (21). Com relação às vagas para alimentador de linha de produção, 32 foram cadastradas pela Agência FGTAS/Sine de Tapejara; 30, em Santa Rosa; 17, em Marau; 10, em Garibaldi e 10, em Estrela.

Do total de oportunidades para operador de caixa, 100 vagas foram cadastradas pela Agência FGTAS/Sine de Canoas e estão disponíveis para candidatura no aplicativo Sine Fácil. Segundo o agente administrativo da unidade de Canoas, Maicon Oliveira, as vagas são para uma loja de atacado que uma rede de supermercados abrirá na cidade. As entrevistas com o empregador são agendadas pelo aplicativo Sine Fácil, nesta terça e quarta-feira, 19 e 20 de maio. Para concorrer às oportunidades de trabalho, é necessário ter Ensino Médio completo e seis meses de experiência comprovada em Carteira de Trabalho. O empregador oferece salário de R$ 1.350 mais benefícios.

No que tange ao setor econômico, 34,4% do total de vagas pertencem à indústria; 31%, ao comércio; 19,3%, ao setor de serviços; e 7,2%, à construção. Ainda, a remuneração de 56,2% das vagas varia de 1,5 a 2 salários mínimos; de 11%, de 2 a 3 salários mínimos; e de 10,9%, de 1 a 1,5 salários mínimos.

2

Gostou? Compartilhe