Estradas da EGR serão atendidas por 14 ambulâncias

Praça de Coxilha, próximo a Passo Fundo, está inclusa

Por
· 1 min de leitura
Veículos foram comprados por meio de pregão eletrônicoVeículos foram comprados por meio de pregão eletrônico
Veículos foram comprados por meio de pregão eletrônico

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Para dar continuidade à garantia de mais segurança aos motoristas que trafegam pelas rodovias do Rio Grande do Sul, o governo do Estado entregou, nesta terça-feira (4), 14 ambulâncias, destinadas a cada uma das praças de pedágio administradas pela Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) - vinculada à Secretaria dos Transportes e Mobilidade. Elas entram em operação à meia-noite. O que inclui a Praça de Coxilha, próximo a Passo Fundo.

A assinatura da ordem de início dos serviços de resgate móvel ocorreu na Praça de Pedágio de Portão e teve a participação do vice-governador José Paulo Cairoli. A vigência é de 12 meses. Cairoli disse que a intenção do Estado é dar segurança 24 horas aos usuários das rodovias. "Estamos cumprindo nossa missão como governo. Este é o nosso papel", ressaltou.

O valor investido nos veículos foi de R$ 11.088 milhões, com recursos provenientes da arrecadação das praças de pedágio. Estão contempladas as praças de Boa Vista do Sul, Campo Bom, Candelária, Coxilha, Cruzeiro do Sul, Encantado, Flores da Cunha, Gramado, Portão, Santo Antônio da Patrulha, São Francisco de Paula, Três Coroas, Venâncio Aires e Viamão.

As ambulâncias foram adquiridas por meio de pregão eletrônico com proposta de menor valor, apresentado pela Transul Emergências Médicas. A contratação é para atendimentos de resgate e primeiros socorros, com utilização de equipamentos e presença de um enfermeiro por veículo, durante 24 horas dos sete dias da semana. Estiveram presentes na solenidade o secretário de Transportes e Mobilidade, Pedro Westphalen, o presidente da EGR, Nelson Lidio Nunes, e prefeitos da região.

Gostou? Compartilhe