Governo do RS lança editais para Pontos de Cultura

Por
· 2 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Cultura, lança nesta quarta-feira (06) um conjunto de editais para a Rede RS de Pontos de Cultura. O projeto é o resultado de convênio assinado com o Ministério da Cultura, no valor de R$ 18,13 milhões, dentro dos Programas Cultura Viva e Mais Cultura. 
O evento será realizado às 11h na S.R.B. Estado Maior da Restinga (Estrada João Antonio da Silveira nº 2355 - Restinga - Referência: Esplanada da Restinga). A cerimônia contará com a presença do governador Tarso Genro, do secretário Luiz Antonio de Assis Brasil, e da secretária Nacional de Cidadania e Diversidade Cultura do Ministério da Cultura, Márcia Rollemberg. 
Os editais, elaborados pelo departamento da Cidadania Cultural da Sedac, em conjunto com o MinC, beneficiarão 160 Pontos de Cultura, abrindo convênios para 100 iniciativas propostas por entidades da sociedade civil oriundas de municípios com até 10 mil habitantes, no valor de R$ 60 mil, em três anos. As demais 60 propostas serão designadas para instituições de cidades com mais de 10 mil habitantes - no valor de R$ 180 mil, em três anos. 
Uma das prioridades estratégicas do Governo do Rio Grande do Sul, a ser executada pela Secretaria de Estado da Cultura, é a implantação de 500 novos Pontos de Cultura no Estado (considerando Pontos de Cultura, Pontos de Leitura, Cineclubes, Pontinhos de Cultura e Pontos de Memória), no sentido de que realizem ações de ampliação do acesso aos meios de criação, produção, distribuição e fruição cultural. Essas ações promovembva diversidade cultural, o empoderamento, o protagonismo, a autonomia, a educação popular, a comunicação comunitária, a economia solidária, a cultura digital, a gestão participativa, a sustentabilidade ambiental e os Direitos Humanos. 
No RS, esta política de cidadania cultural está diretamente vinculada a outros programas, como RS na PAZ, RS Mais Igual e outros. Mais informações pelo telefone (51) 3288.7520
O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Cultura, lança nesta quarta-feira (06) um conjunto de editais para a Rede RS de Pontos de Cultura. O projeto é o resultado de convênio assinado com o Ministério da Cultura, no valor de R$ 18,13 milhões, dentro dos Programas Cultura Viva e Mais Cultura. 

O evento será realizado às 11h na S.R.B. Estado Maior da Restinga (Estrada João Antonio da Silveira nº 2355 - Restinga - Referência: Esplanada da Restinga). A cerimônia contará com a presença do governador Tarso Genro, do secretário Luiz Antonio de Assis Brasil, e da secretária Nacional de Cidadania e Diversidade Cultura do Ministério da Cultura, Márcia Rollemberg. 

Os editais, elaborados pelo departamento da Cidadania Cultural da Sedac, em conjunto com o MinC, beneficiarão 160 Pontos de Cultura, abrindo convênios para 100 iniciativas propostas por entidades da sociedade civil oriundas de municípios com até 10 mil habitantes, no valor de R$ 60 mil, em três anos. As demais 60 propostas serão designadas para instituições de cidades com mais de 10 mil habitantes - no valor de R$ 180 mil, em três anos. 

Uma das prioridades estratégicas do Governo do Rio Grande do Sul, a ser executada pela Secretaria de Estado da Cultura, é a implantação de 500 novos Pontos de Cultura no Estado (considerando Pontos de Cultura, Pontos de Leitura, Cineclubes, Pontinhos de Cultura e Pontos de Memória), no sentido de que realizem ações de ampliação do acesso aos meios de criação, produção, distribuição e fruição cultural. Essas ações promovembva diversidade cultural, o empoderamento, o protagonismo, a autonomia, a educação popular, a comunicação comunitária, a economia solidária, a cultura digital, a gestão participativa, a sustentabilidade ambiental e os Direitos Humanos. 

No RS, esta política de cidadania cultural está diretamente vinculada a outros programas, como RS na PAZ, RS Mais Igual e outros. Mais informações pelo telefone (51) 3288.7520.

Gostou? Compartilhe