Governo reafirma apoio à Ferrovia Norte-Sul

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

A construção de uma ferrovia que ligue os estados do sul, foi tema de reunião na manhã desta quarta-feira (24) no Palácio Piratini. O governador Tarso Genro, acompanhado do secretário de Infraestrutura e Logística, Beto Albuquerque, reafirmou a uma comitiva de deputados estaduais a posição de apoio do Governo do Estado à proposta da União na chamada Ferrovia Norte-Sul, anunciada no mês de abril (2011). 

A posição do governo gaúcho foi selada a partir de acordo firmado entre o governo federal e o Codesul, que reúne Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e Mato Grosso do Sul. Com isso, esses estados se comprometem a realizar esforços conjuntos de apoio à proposta federal onde a Valec (empresa pública vinculada ao Ministério dos Transportes) torna-se a responsável pela realização dos estudos de viabilidade técnica, econômica e ambiental para efetivação desse empreendimento. 

De acordo com o secretário Beto Albuquerque, a posição unificada do Codesul reforça o apoio político e institucional para concretização desse ramal ferroviário que teria entrada no solo gaúcho através da cidade de Erechim, passando por Passo Fundo, Carazinho, Lajeado, Santa Cruz, General Luz (distrito) e Pelotas, até o Porto de Rio Grande. 

A posição do Governo gaúcho será detalhada nesta sexta-feira (26), durante o Seminário Desenvolvimento e Ferrovias: diagnóstico e estratégias das Ferrovias no Sul do País, promovido pela Assembleia Legislativa.

Gostou? Compartilhe