Investimento da Hana Mícron é tema de reunião-almoço

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

O governador Tarso Genro recebeu nesta sexta-feira (15), no Palácio Piratini, o presidente da Hana Mícron, Chang Ho Choi. A reunião-almoço retribuiu a visita realizada pela missão gaúcha à sede da empresa na Coreia do Sul, no mês de maio.

Com mais de 1,3 mil funcionários, a Hana Micron é uma das líderes mundiais no mercado de semicondutores, tendo conquistado, na última quinta-feira, as licenças necessárias para dar início às obras da construção da primeira indústria do Brasil a realizar o encapsulamento de chips. A HT Micron, nome dado a joint venture entre a coreana Hana e a brasileira Altus, irá se instalar no polo tecnológico da Unisinos, em São Leopoldo. Nesta quinta, foi inaugurada a chamada "sala limpa", que preparará a entrada em operação da empresa, no segundo semestre de 2012.

O custo total, somente em equipamentos para a inauguração da sede definitiva, está estimado em R$ 200 milhões. O investimento se justifica, pois insere a produção da HT Mícron em um mercado no qual o Brasil atua apenas como importador, movimentando cifras que superam os US$ 17 bilhões ao ano.

Também participaram do almoço os secretários de Desenvolvimento e Promoção do Investimento, Mauro Knijnik, e de Ciência, Inovação o Desenvolvimento Tecnológico, Cléber Prodanov, além do presidente do Badesul, Marcelo Lopes.

Agência de notícias do Governo do Estado

Gostou? Compartilhe