Operação Golfinho apresenta levantamento

Por
· 2 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

A Operação Golfinho da Brigada Militar foi realizada, em toda a extensão do litoral gaúcho e também nos balneários de águas internas do Rio Grande do Sul. A atividade constituiu-se na maior mobilização realizada pela Corporação no período e esteve inserida nas ações do Verão Numa Boa do Governo do Estado. 

Dentre as ações promovidas pela instituição estiveram diversas atividades e operações de policiamento ostensivo, rodoviário, ambiental, fazendário, bombeiros e salva-vidas. Houve incremento na frota de veículos e um reforço no número de policiais militares mobilizados para desenvolver da melhor forma a Operação, que já alcança sua 42ª edição. 

Salva-vidas 
Os salva-vidas atuaram nas mais de 300 guaritas e cobriram uma área de 489 km de extensão. Este ano, houve uma diminuição significativa do número de salvamentos. No Litoral Norte, por exemplo, foram 938 casos, o menor índice desde 1998. Esse número, no ano de 2003, chegou a 2.818 salvamentos, um total superior ao número de casos deste ano em todo o Estado, que atingiu 1.268 ocorrências. 
 
Policiamento 
Nas atividades de policiamento, foram presas pela Brigada Militar 2.993 pessoas no Litoral Norte, sendo 636 autuadas em flagrante pela Polícia Civil, 1.320 casos de registro de ocorrência na Polícia Civil e 1.037 Termos Circunstanciados lavrados pela Brigada Militar. No Litoral Sul foram 2.177 presos, sendo 345 autuadas em flagrante pela Polícia Civil, 1.066 casos de registro de ocorrência na Polícia Civil e 766 Termos Circunstanciados lavrados pela Brigada Militar.   

Trânsito
Nas ações de trânsito no Litoral Norte, foram apreendidas nas praias 374 carteiras de habilitação; nas rodovias esse número chegou a 522 apreensões. Foram flagrados dirigindo sob influência de álcool ou outras substâncias entorpecentes 306 condutores nas praias e 221 em rodovias estaduais. Durante o feriadão de Carnaval, não foi registrado nenhum acidente com morte nas rodovias estaduais, que são de responsabilidade territorial da Brigada Militar. Parte desse resultado positivo também pode ser creditado às ações da Operação Balada Segura, realizadas em todo o litoral ao longo do veraneio pela BM em parceria com o Detran. 

Brigada Orienta 
Além disso, a Brigada Militar, por meio do programa "Brigada Orienta", executou uma série de atividades de cunho preventivo como o Salva-vidas Mirim (3.906 crianças participantes), o Salva-vidas Master, o grupo teatral Brigada em Cena (público de 32.248 pessoas), a Escolinha de Trânsito do Comando Rodoviário (4.369 crianças envolvidas), o programa Patrulheiro Ambiental Mirim (5.401 participantes), entre outras iniciativas. Essas atividades de caráter social também contribuem para a diminuição no número de afogamentos, acidentes de trânsito entre outras ocorrências. 

Destaques
Na lista de atividades da Brigada Militar que obtiveram grande destaque nesta edição da Operação Golfinho estão: a atuação do Batalhão de Aviação que, entre outras ocorrências, possibilitou o resgate de um pescador ferido em uma embarcação distante 10 quilômetros da costa; o socorro de um salva-vidas a uma jovem em Capão da Canoa, ação que evitou que a vítima sofresse um Acidente Vascular Cerebral (AVC); e também a inauguração da primeira Central de Videomonitoramento do Litoral Norte, iniciativa que irá facilitar ainda mais o trabalho dos policiais militares e seu contato com a população.

Gostou? Compartilhe