Primeira Prenda do estado é de Passo Fundo

Adriane Rebechi Rodrigues, do CTG União Campeira venceu concorrentes de todo o Rio Grande do Sul em sete categorias

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Redação ON

Adriane Rebechi Rodrigues, do Centro de Tradições Gaúchas União Campeira, de Passo Fundo, é a nova Primeira Prenda do Rio Grande do Sul. O resultado foi anunciado na madrugada deste domingo, durante um fandango realizado no Ginásio do Clube Recreativo Dores, em Santa Maria.

Em sua chegada a Passo Fundo, na tarde de ontem, ela foi recepcionada junto ao monumento da Caravela, na entrada da cidade, por membros do CTG e 7ª Região Tradicionalista. Em entrevista a rádio Planalto FM, Adriane afirmou que para ela o prêmio é uma grande honraria. “Representar a mulher gaúcha nesse momento é uma alegria sem palavras, uma realização profissional e pessoal”, disse.

A 1ª Prenda destacou ainda o longo trajeto até o título, baseado em muito estudo e dedicação. Como a maior representante da mulher gaúcha no estado, ela afirma que o trabalho será em dobro, com muito esforço e dedicação. “Tenho que agradecer a todos que estão comigo, amigos e familiares, que sempre me deram apoio. Temos sempre que correr atrás dos sonhos e confiar em Deus”.

A 40ª edição da Ciranda Cultural de Prendas, promovida pelo Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG), começou na quinta-feira. As 67 candidatas de 49 municípios do Estado passaram por prova escrita e avaliação da comunicação oral, das características pessoais e das habilidades artísticas em dança tradicional e de salão.

As concorrentes precisaram ainda participar de uma mostra folclórica e apresentar um relatório das atividades desenvolvidas na suas regiões. As prendas foram escolhidas em três categorias: adulta (17 anos ou mais), juvenil (13 a 16 anos) e mirim (9 a 12 anos).

O coordenador da 7ª Região Tradicionalista, Sebastião Cavaleiro, salientou a trajetória de Adriane e lembrou um fato no concurso do ano passado. “Esse título escapou da mão dela no ano passado, mas com esforço e apoio conseguimos ir lá novamente e buscá-lo. É gratificante para nós e temos orgulho de dizer que Passo Fundo representa hoje a mulher gaúcha”, destacou.

Classificação
Categoria adulta


1ª Prenda: Adriane Rebechi Rodrigues – CTG União Campeira (Passo Fundo)

2ª Prenda: Priscila Bresolin Tissot – CTG Campo dos Bugres (Caxias do Sul)

3ª Prenda: Cristiane Maria Muller – CTG Sepé Tiaraju (Santa Rosa)

Categoria Juvenil

1ª Prenda: Marcela Richetti Trevezan – CTG Rodeio da Amizade – Paraí – 11ª RT

2ª Prenda: Taynara Moraes Ouriques – CPF Piá do Sul – Santa Maria – 13ª RT

3ª Prenda: Namiriane Muller Leal – CTG Caiboaté – São Gabriel – 18ª RT

Categoria Mirim


1ª Prenda: Amanda Faleiro – CTG Herança Farrapa – Sapucaia do Sul – 12ª RT

2ª Prenda: Amanda Gonçalves dos Santos – CTG Lila Alves – Pinheiro Machado – 21ª RT

3ª Prenda: Manuela Acosta Ferreira – PF Delfino Carvalho – Cachoeira do Sul – 5ª RT

Gostou? Compartilhe