Governo do Estado pede à Assembleia Legislativa retirada dos projetos de lei da reforma tributária

Governo do Estado ouviu o Parlamento e entendeu a necessidade de maior discussão

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

O presidente da Assembleia Legislativa, Ernani Polo (PP), recebeu no fim da manhã de hoje (22) um requerimento do governador Eduardo Leite para a retirada dos três projetos de lei que integram a proposta de reforma tributária (PLs 184, 185 e 186/2020). O pedido de devolução foi entregue pelo secretário-adjunto da Casa Civil, Bruno Freitas, e pelo líder do governo, deputado Frederico Antunes (PP), e será apreciado pelos deputados na sessão plenária de amanhã (23).


Na reunião de líderes de bancadas, conduzida por Polo, Frederico Antunes comentou que o governo do Estado ouviu o Parlamento e entendeu a necessidade de maior discussão sobre a reforma tributária. O parlamentar agradeceu, em nome do governador, a cada um que contribuiu com críticas, sugestões e análises sobre os pontos abordados nas propostas.


Depois de aprovado o requerimento, os deputados seguirão apreciando, amanhã, dez projetos já definidos em semanas anteriores, a começar pelo PL 191/2020, do Poder Executivo, que tranca a pauta porque tramita em regime de urgência.


No fim da reunião, os líderes definiram as nove propostas que irão a votação na sessão de 30 de setembro, às 14h. Atualmente, durante o período de excepcionalidade devido à pandemia de coronavírus, os líderes definem a Ordem do Dia na semana anterior à votação.


Gostou? Compartilhe