Todas as regiões do Estado são classificadas em bandeira laranja em mapa definitivo

O pedido de reconsideração de Santa Rosa foi aceito

Por
· 1 min de leitura
A última vez que o mapa ficou completamente laranja foi na vigência da 21ª rodada (Imagem: Divulgação)A última vez que o mapa ficou completamente laranja foi na vigência da 21ª rodada (Imagem: Divulgação)
A última vez que o mapa ficou completamente laranja foi na vigência da 21ª rodada (Imagem: Divulgação)
Você prefere ouvir essa matéria?

O mapa definitivo da 26ª rodada do modelo de Distanciamento Controlado, divulgado nesta segunda-feira (02), confirmou a bandeira laranja em Passo Fundo pela sétima semana consecutiva. A vigência da bandeira termina às 23h59 de segunda-feira (9/11).

O governo do Estado recebeu apenas um pedido de reconsideração ao mapa preliminar. A solicitação era de Santa Rosa, a única das 21 regiões Covid considerada como de risco epidemiológico alto. O pedido era para que a região permanecesse em bandeira laranja. O governo aceitou o recurso e todas as regiões do estado ficaram em laranja. 

As regiões em cogestão classificadas em laranja podem adotar protocolos de bandeira amarela, basta que enviem protocolos próprios adaptados à Secretaria de Articulação e Apoio aos Municípios (Saam). Passo Fundo continua adotando os protocolos de bandeira laranja definidos pelo governo estadual. A Secretaria de Comunicação Social de Passo Fundo afirmou que não há novidades sobre a adoção de protocolos da bandeira amarela.

Alerta

O anúncio do mapa preliminar, na sexta-feira (30), foi acompanhado de um alerta para o “elevado crescimento em novos registros de hospitalizações por Covid-19 nos últimos sete dias”. Passo Fundo está entre as regiões alertadas, sendo a quarta com maior número de novos registros de hospitalizações, com 63 internações, tendo um crescimento de 18,9% em relação à semana anterior. 

Apesar desse alerta, houve a queda de alguns dados no estado, como do número de novas hospitalizações, entre as duas últimas semanas, que reduziu 7% (de 897 para 830). O número de óbitos também caiu 11%, de 236 para 211 entre as duas últimas quintas-feiras. No entanto, o número de internados em UTI por SRAG, de internados em leitos clínicos e de internados em leitos de UTI aumentou no mesmo período. Por isso, especialistas e o Estado recomendam que a população precisa seguir em alerta, observando medidas de higiene (lavar as mãos, etiqueta respiratória e uso de álcool gel) e protocolos sanitários.

Indicadores

Os dados desta rodada são referentes a 23 a 29 de outubro. Apenas um dos indicadores específicos da região de Passo Fundo ficou em bandeira preta: o número de hospitalizações confirmadas para COVID-19 registradas nos últimos sete dias por 100 mil habitantes. Dois indicadores ficaram em bandeira vermelha: a razão do número de hospitalizações confirmadas para COVID-19 registradas nos últimos sete dias pelas hospitalizações confirmadas para COVID-19 registradas nos sete dias anteriores; e a projeção de óbitos para o período de uma semana para cada 100 mil habitantes.

Um dos indicadores específicos da região ficou em bandeira laranja, a razão de ativos na última semana por recuperados nos 50 dias anteriores ao início da semana.

Gostou? Compartilhe