Corede Produção elege dois projetos na Consulta Popular

Ao todo, Consulta define 62 projetos de desenvolvimento regional

Por
· 1 min de leitura
Mais de 90 propostas estavam aptas para votação (Foto: Divulgação)Mais de 90 propostas estavam aptas para votação (Foto: Divulgação)
Mais de 90 propostas estavam aptas para votação (Foto: Divulgação)
Você prefere ouvir essa matéria?

Os projetos eleitos na Consulta Popular 2020 foram homologados nesta terça-feira (9). O valor disponibilizado pelo governo do Estado nesta edição, R$ 20 milhões, será dividido entre 62 projetos eleitos pela população nas 28 regiões dos Conselhos Regionais de Desenvolvimento (Coredes). Ao todo, 96 propostas foram apresentadas nas cédulas após serem votadas em 41 assembleias regionais e microrregionais e 28 assembleias ampliadas, durante setembro e outubro.

O Corede Produção conseguiu eleger dois projetos. Um deles foi o de aquisição de insumos agrícolas para recuperar a fertilidade do solo, aumento da produção e de pastagens, que recebeu 1.436 votos e terá recursos de R$ 314.285,71. O outro foi o projeto internet para todos, com 1.704 votos e R$ 314.285,72 em recursos.

A votação, 100% virtual em razão da pandemia, encerrou-se em 3 de novembro, com 147.556 votos computados. As regiões dos Coredes com maiores números de votos foram Médio Alto Uruguai (18.440), Vale do Rio Pardo (11.517) e Sul (9.451). As áreas que receberam mais votos foram Agricultura (31 projetos eleitos) e Turismo (12).

O objetivo da Consulta Popular, que acontece há mais de 20 anos no Rio Grande do Sul, é fortalecer o desenvolvimento regional, valorizando demandas que ampliam o crescimento econômico, a ciência e a inovação em áreas como agricultura, infraestrutura e turismo.

"Vamos encaminhar a aplicação de R$ 20 milhões nos projetos. Desse valor, R$ 10 milhões serão quitados em 2021, os outros R$ 10 milhões avaliados de acordo com a condição financeira de 2022, conforme combinamos com os Coredes, parceiros na realização da votação", afirma a diretora de Desenvolvimento Regional da Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão, Bruna Blos.



Gostou? Compartilhe