Estado suspende cogestão e adota novas regras

Governador realizou uma live nas redes sociais

Por
· 2 min de leitura
Governador Leite anunciou mapa definitivo durante transmissão ao vivo pela internet (Foto: Gustavo Mansur / Palácio Piratini)Governador Leite anunciou mapa definitivo durante transmissão ao vivo pela internet (Foto: Gustavo Mansur / Palácio Piratini)
Governador Leite anunciou mapa definitivo durante transmissão ao vivo pela internet (Foto: Gustavo Mansur / Palácio Piratini)
Você prefere ouvir essa matéria?

Frente ao avanço do coronavírus, em live nesta segunda-feira (30), o governador Eduardo Leite anunciou que está suspensa temporariamente a cogestão, que permitia protocolos da bandeira anterior. O governador destacou a necessidade de uma unidade dos protocolos no estado. Em contrapartida, foram realizadas mudanças nos protocolos de bandeira vermelha.

O comércio pode funcionar sem restrição de dias, mas até às 20h. Bares e restaurantes podem abrir até às 22h, sem música ao vivo e com máximo de seis pessoas por mesa. Delivery e Pague e Leve terão restrição de horário, podendo funcionar até às 23h. Atividades ao ar livre, como zoológicos , shows e espetáculos podem funcionar com controle de acesso e é vedada alimentação e bebidas. Estão proibidas atividades, como cinemas e casas de show, em locais fechados. 

A permanência em locais abertos, como praças, parques e praias, está vedada, sendo permitidas atividades físicas. Estão proibidos eventos sociais, como casamentos e formaturas, e uso de áreas comuns em clubes e condomínios. “Há uma série de medidas temporárias para que haja uma reversão desse quadro [aumento de casos]. Esperamos ter sucesso nas próximas semanas em reverter o crescimento no número de casos”, disse a coordenadora do Comitê de Dados, Leany Lemos.

Os eventos de fim de ano públicos e de estabelecimentos privados estão suspensos, assim como o patrocínio por empresas públicas ou apoio de órgãos públicos. "Estamos incentivando que as famílias mesmo quando façam encontros respeitem o máximo de 10 pessoas", disse Leite. Também será intensificada a fiscalização. "Por isso reforçamos o pedido a toda população gaúcha, que evite festas e aglomerações, que nos ajude nos próximos 15 dias para quebrar o ciclo de contágio para chegarmos no fim do ano em uma situação melhor", declarou Leite.

As aulas continuam na bandeira vermelha. “A suspensão das aulas acabaria acarretando outros prejuízos para a saúde física, emocional, psicológica para os alunos e um prejuízo para eles e para o futuro do estado, com interferência direta no capital humano e na nossa força produtiva”, explicou o governador.

As atividades físicas em academias continuam liberadas com controle no número de alunos.

O governo projeta que esse aumento das restrições dure duas semanas, mas, se for necessário, não descarta prorrogar o prazo ou alterar os protocolos.

Reforço

Além das mudanças, foi anunciado o apoio da Brigada Militar nas fiscalizações dos municípios, especialmente em festas e confraternizações, e criação de canais específicos para denúncia (telefone 150 e formulário eletrônico Vigilância do Cidadão), assim como reforço das campanhas de comunicação com a população, imprensa e prefeituras.

Gostou? Compartilhe