Sonho que se concretiza

Construída pela empresária Edit Rohde Pavan, nova loja da Portobello Shop promete uma experiência de compra inédita aos clientes passo-fundenses

Escrito por
,
em

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Onze anos se passaram para que a loja de 130m², fundada pela empresária Edit Rohde Pavan, ganhasse novas formas e um espaço significativamente maior. Na inauguração da nova Portobello Shop de Passo Fundo, agora com quase 770m², os olhos da proprietária marejavam constantemente conforme ela recebia cumprimentos por seu trabalho por parte dos convidados, na última terça-feira (24). “Não tenho palavras, a emoção toma conta. É simplesmente um sonho realizado. Foi uma luta muito grande, com muito trabalho e muitas dificuldades, para chegarmos onde chegamos, com a economia do país do jeito que está. Depois de dois anos de planejamento, conseguimos, chegamos aqui, fazendo tudo isso para os nossos clientes”, compartilha.

O carinho e a dedicação depositados no projeto ficam evidentes quando Edit fala sobre o novo espaço, com conceito único e moderno: a loja carrega o selo Portobello Shop, oferecendo produtos exclusivos e serviços especializados; conta com a nova marca do grupo, a Officina Portobello, que transforma os porcelanatos em móveis e objetos, tornando mais didática a aplicabilidade do produto em suas diversas formas; e ainda é considerada uma superstore, formato inédito na região. “A ideia da superstore são lojas a partir de 600m². Somos a primeira franquia deste porte do Rio Grande do Sul”, Edit explica, antes de brincar dizendo que, agora, o próximo passo é vender. “Temos expectativas muito positivas. Eu tenho certeza que as pessoas vão entrar em gostar. Realmente é um novo conceito. As pessoas não esperavam algo nessa magnitude. Todos entram e dizem ‘nossa, que diferente, eu não imaginava que era tudo isso’. É um diferencial, uma nova experiência, tudo de bom".

Apoio constante

Por trás da grande profissional e empresária, o combustível para continuar está na equipe e no apoio da família. Segundo Edit, na Portobello Shop ela sente que o apoio das pessoas que as cercam é constante e indispensável. “A equipe da loja sempre me apoia e me ajuda muito. Além deles, minha família é meu porto seguro. As minhas filhas são maravilhosas, sempre me dando força e me botando para cima. Acho que é isso que dá gás e fôlego para seguirmos em frente”, conta.

Novos produtos, novas experiências

Agora, nos 770m² de estrutura, o cliente é convidado a viver uma nova experiência dentro da loja Portobello Shop. Não apenas de ver o porcelanato, mas de circular por ambientes decorados com estes materiais, em três espaços (são dois andares de loja e mais um terraço com área externa “rooftop”). Bancadas, painéis, lávabos, pias, pisos, paredes, fachadas... Por todos os cantos, objetos mostram a aplicabilidade das linhas de porcelanatos vendidas pela Portobello Shop. “Estamos trabalhando com formatos gigantes que antes não tínhamos. São peças de um metro e vinte por dois metros e meio. Quisemos trazer a Passo Fundo um novo conceito de loja, uma nova experiência. Temos, por exemplo, vários produtos exclusivos, que são as bancadas em porcelanato, os cortes especiais, a experiência da TV touch onde o cliente pode visualizar o produto desejado em diferentes ambientes. É um diferencial que Passo Fundo merece”, explana a gerente da unidade local, Elisandra Rohde.

A inspiração para as peças vem de todas as áreas: madeiras, pedras, metais, concretos, mármores, sintéticos e até mesmo argilas. “A Portobello sempre busca uma inspiração para os produtos ficarem diferentes, terem uma exclusividade”, comenta a gerente. Algumas linhas, em especial, são exemplos desta exclusividade buscada pela rede, como a linha Le Corbusier, com peças que remente ao concreto e paleta de cores inspirada em Charles-Edouard Jeanneret-Gris (considerado o arquiteto mais importante da era moderna). Já a Toki+, elaborada em parceria com a ceramista Hideko Honma, resulta em uma linha com quatro cores inspiradas na natureza: algodão, chuva, palha e terra em superfície, que reproduz a textura artesanal da cerâmica artística de Hideko. Todas, é claro, estão presentes na loja passo-fundense e já podem ser conferidas.

Diretor da franqueadora Portobello Shop, José Gonçalves Júnior, residente de Florianópolis, também veio a Passo Fundo exclusivamente para prestigiar o lançamento da loja de Edit Pavan e não mediu elogios ao falar sobre o ambiente. “Eu acho que a loja ficou maravilhosa. Passo Fundo é a capital do norte gaúcho, por isso já merecia uma loja como a Portobello Shop, neste porte. E este é um projeto novo, chamado Design Experience, onde a gente tem uma nova forma de expor os produtos, uma nova forma de ambientar”, ele expõe. “É muito mais fácil para o cliente ter uma loja onde ele pode ver os ambientes montados. Com isso, ele tem uma experiência de compra diferenciada. Ele entra aqui e sempre tem uma coisa diferente, uma exposição diferente, que agrada e transforma a experiência de compra em uma experiência bem gostosa”.

Ainda falando sobre o projeto Design Experience, a coordenadora comercial e responsável pela Officina Portobello, Taís Correa, que também esteve presente na inauguração, explica que o objetivo é justamente oferecer uma experiência única dentro da loja, como o diretor já pontuava. “O cliente gosta muito de usar o ambiente como referência para saber o que está de fato adquirindo e a loja, com um metro quadrado muito maior, agora consegue expressar isso de maneira ainda melhor. O cliente vivencia os ambientes. Ele se sente em casa”, conclui.

Gostou? Compartilhe