OPINIÃO

A eleição majoritária na 70ª Zona Eleitoral

Por
· 3 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

As eleições municipais mobilizam muito mais os eleitores do que as estaduais e federais. Em que pese as demandas locais estarem sobrepostas à conjuntura econômica, para citar apenas um dos inúmeros aspectos, os moradores do município, sejam da cidade ou do campo, sabem exatamente quais são elas. A campanha é o momento em que os candidatos à reeleição retornam as bases para prestar contas do trabalho realizado e pedir o aval para um novo mandato. E ainda, para os estreantes se apresentarem aos eleitores e mostrar as propostas. A inesperada pandemia levou a Justiça Eleitoral a transferir o pleito para 15 e 29 de novembro (1º e 2º turnos) e também arrefeceu o corpo-a-corpo dos candidatos com o eleitorado.


II

O prazo para a transição de governo será de pouco mais de 30 dias úteis e a diplomação dos eleitos está prevista para o dia 18 de dezembro. Dos seis municípios da 70ª Zona Eleitoral, três prefeitos foram reeleitos - em Getúlio Vargas, Mauricio Soligo (PP), em Sertão, Edson Luiz Rossatto (MDB), e Floriano Peixoto, Orlei Giaretta (MDB). Em Ipiranga do Sul, o atual vice-prefeito Marco Antônio Sana (PTB) foi eleito prefeito, e a transição será apenas protocolar. Em 2016, Soligo foi eleito com 51,10% dos votos válidos e neste ano, com 49,59%. Há quatro anos Rossatto recebeu 61,84% dos votos e agora foi reeleito com 36,93%. Já no município de Floriano Peixoto, Giaretta foi reeleito com 54,11%, um crescimento de 1,05% em relação a 2016.


III

Nos municípios de Estação e Erebango seus prefeitos não conseguiram a reeleição. Outra similitude é que os prefeitos que estiveram no comando entre 2013 e 2016 foram eleitos no último domingo (15). Geverson Zimmermann (PSDB), de Estação, fez 53,27% dos votos válidos, e Valmor Luís Tomelero (MDB), de Erebango, 59,38%. O município com maior abstenção de eleitores foi Getúlio Vargas, com 24,38%, e com menor índice Ipiranga do Sul, com 4,98%. Estação teve 13,80% de abstenções, seguido de Sertão com 8,86%, Erebango com 8,61% e Floriano Peixoto com 6,46%. O maior número de votos brancos para majoritária foi em Getúlio Vargas (3,77%) e o menor em Ipiranga do Sul (0,38%). E de votos nulos, Estação (3,82%) e Floriano Peixoto (0,95%).

# A grata surpresa foi a eleição de sete vereadoras das nove vagas na Câmara do município de Floriano Peixoto.

# As três candidatas com maior número de votos foram Marilia Vitali (MDB) com 8,11% dos válidos, Sônia (PT) 6,69% e Solange (PP) 6,40%.

# E ainda, as vereadoras Marieli (MDB), Cleonice (PT), e Rejane (PT), e os vereadores Chiquinho (MDB) e Pauletti (MDB).

# Dos vereadores que buscaram a reeleição, apenas dois lograram êxito em Floriano Peixoto.

# No município de Estação também foram dois vereadores reeleitos e dos sete estreantes, destaque para a ex-prefeita Cirilde Maria Braciak (PP), que ponteou com 7,18%.

# Primeira mulher eleita e reeleita prefeita na área da Amau, Cirilde Braciak (PP) teve o seu vice-prefeito vitorioso no pleito de 2012.

# A renovação também se deu em Sertão, onde apenas dois vereadores se reelegeram, ambos do MDB.

# Dirlei Bernieri (PSB) foi o mais votado com 7,12% dos válidos, e nenhuma candidata foi eleita.

# Em Sertão, o Executivo terá, a contar de 2021, uma bancada de quatro vereadores, e a oposição cinco, sendo três do PP e dois do PSB.

# Com uma renovação acima de 50%, apenas quatro vereadores de Getúlio Vargas foram reeleitos, todos da bancada do PP.

# O MDB elegeu duas vereadoras e um vereador, o PTB um e o PT, que na atual legislatura não tem representante, não alcançou o coeficiente pare retornar a casa.

# Em Ipiranga do Sul apenas dois candidatos a vereador foram reeleitos, e sete vão estrear na casa legislativa.

# A candidata Luciane Folle (PP) foi a mais votada, alcançando 7,81% dos válidos, o MDB elegeu três vereadores e uma vereadora, o PTB três e o PDT um vereador.

# Reeleito, e com o maior número de votos, 6,40% dos válidos, o vereador Osmar Marinho (MDB) terá outros três colegas de bancada na Câmara de Erebango.

# O Cidadania duas vereadoras e um vereador e o PP um representante na casa legislativa, da cidade que ostenta o título de Coração Verde do Rio Grande.

# Dos 39 candidatos na proporcional em Erebango, cinco se reelegeram e quatro passam a integrar a Câmara a contar de janeiro próximo.

Dito & Feito:

A diplomação dos eleitos que está programada para o dia 18 de dezembro aguarda decisão da Justiça Eleitoral se acontece presencialmente ou on-line. A conferir. 

Gostou? Compartilhe