Insegurança que provoca indignação

Vítima de roubo fez protesto silencioso com faixa

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

O destaque no texto do banner lembra o anúncio de um prêmio em uma agência lotérica, mas quando lido na integridade, a mensagem revela uma situação vivenciada por alguns moradores de Passo Fundo: a falta de segurança.

O manifesto em questão está fixado no segundo andar de uma residência da rua Paissandu, na esquina com a rua Diogo de Oliveira, no bairro Boqueirão. A autoria do banner é de um aposentado de 54 anos, que foi vítima de roubo de veículo, na madrugada do último domingo (3). Além da caminhonete levada pelos ladrões, a sensação de tranquilidade também foi embora.

"Eu estava com minha família e fomos surpreendidos por três homens armados com revólver, que nos obrigaram a deixar o veículo quando eu estava estacionando. Foi muito rápido, mas sob muito pavor", destacou o aposentado, que mora a mais de 20 anos no local em que fora assaltado.

A vítima disse que chamou a polícia logo em seguida ao roubo. Buscas foram realizadas de imediato, mas a caminhonete e os assaltantes não foram localizados. Segundo o Tenente Coronel João Darci Gonçalves da Rosa, comandante do 3º RPMon, (Terceiro Regimento de Polícia Montada), apesar de roubo e furto de veículos já terem sido registrados logo nos primeiros dias de 2010, os indicadores da criminalidade do último ano, mostram uma grande diminuição no número destes crimes em Passo Fundo. "Na questão de roubos de veículos, foram cem casos a menos em 2009, se comparado ao mesmo período do ano anterior. A polícia está combatendo este crime", afirmou o comandante.

*Matéria completa na edição impressa de O Nacional de hoje.

Gostou? Compartilhe