Ossada pode ser de envolvido em morte de policial

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

A ossada humana localiza na manhã desta quinta-feira, 07, em um matagal próximo a BR 285 em Passo Fundo, pode ser de um adolescente infrator de 17 anos, acusado de envolvimento na morte do PM Jorge Luiz Campos Centeno, 42 anos, ocorrido em junho passado, em um mercado da vila Santa Maria.

O pai do adolescente desaparecido esteve durante a tarde no DML (Departamento Médico Legal), e reconheceu as peças de roupas encontradas no local onde estava a ossada, como sendo as que o filho vestia quando desapareceu.

O caso está sendo investigado pela Delegacia de Polícia de Proteção a Criança e Adolescente de Passo Fundo. Somente o teste de DNA pode confirmar a suspeita.

 

*Notícia completa na edição impressa de ON de sexta-feira, 08.

Gostou? Compartilhe