Manifestação pedirá justiça para o caso de mulher assassinada

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

As Mulheres da Paz, o Conselho Comunitário do Bairro Integração e os amigos de Silvia Aparecida de Miranda farão uma mobilização na manhã de hoje para pedir justiça. A mulher que integrava o grupo de Mulheres da Paz foi assassinada na noite de quinta-feira, no Bairro Jaboticabal. A manifestação terá início às 8h30 em frente ao Ambulatório do Jaboticabal. O grupo se dirigirá até a Delegacia da Mulher para pedir justiça para o caso. Um ônibus estará a disposição para levar os manifestantes.

A morte de Silvia aconteceu após ela ter ido até a casa do acusado, onde estava a filha dela, de 19 anos, que era mantida contra a vontade. Após uma discussão, Sílvia foi esfaqueada no tórax. Ela ainda conseguiu correr e foi socorrida por duas vizinhas que a levaram ao Hospital São Vicente de Paulo para atendimento médico, porém, ela não resistiu e faleceu em função do ferimento, que perfurou o coração e um dos pulmões.

Gostou? Compartilhe