1ª DP prende envolvidos em tentativas de homicídio

Dupla tem pelo menos três tentativas de assassinato e ocorrências por disparos de armas de fogo

Por
· 2 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

Um homem de 18 anos e uma mulher de 30 foram presos por volta das 12h de sexta-feira (7), acusados de envolvimento em pelo menos três tentativas de homicídio e disparos de arma de fogo.

Coordenados pela delegada Daniela de Oliveira Mineto e pelo chefe de investigações, Volmar Menegon, agentes da 1ª Delegacia de Polícia cumpriram um mandado de prisão preventiva contra os acusados. O homem foi preso em um beco no bairro Cruzeiro, já a mulher, foi presa em casa, na Rua Duque de Caxias no mesmo bairro.

A dupla vinha sendo investigada desde junho deste ano, quando, no dia 30, um casal saía do condomínio onde reside na Rua Parobé em um veículo Gol quando um veículo Fiat Uno que trafegava em sentido contrário atingiu a frente do carro. O motorista, um enfermeiro de 25 anos, desceu do carro para falar com o condutor do Uno e precisou acompanhar o veículo, pois o homem não parou.

A mulher permaneceu ao lado do carro quando ouviu dois estampidos e correu na direção do companheiro que havia sido atingido no abdômen. Quando ela tentou fazer uma ligação para pedir socorro, uma mulher de aparentemente 30 anos armada com um revólver se aproximou e mandou que entregasse o celular e depois fugiu em rumo desconhecido. O homem foi encaminhado ao Hospital São Vicente de Paulo onde passou por cirurgia e permaneceu internado por um longo período. A acusada tem antecedentes criminais por lesão corporal, outras duas tentativas de homicídio e ameaça.

Já o outro acusado preso tem antecedentes criminais por roubo e porte ilegal de arma. Contra ele há acusações de duas tentativas de homicídio e disparos de arma de fogo.

No dia 26 de outubro, ele e a mulher teriam agredido a socos e coronhadas uma mulher, a mesma que durante esta semana foi baleada na perna e fugiu de dois hospitais. O motivo da agressão teria sido um testemunho dado pela mulher contra o irmão da acusada, que cumpre pena no Presídio Regional de Passo Fundo. Dois dias depois ele foi identificado como o autor de disparos contra um cão, que ficou ferido.

Acusado tentou assassinar o próprio tio

Em 29 de outubro deste ano, o acusado também tentou assassinar o próprio tio, na Rua Sete de Setembro, no bairro Cruzeiro. Ele efetuou disparos contra a vítima que estava dentro de um carro. O homem foi atingido por um tiro no braço direito e outro no tórax

Em depoimento, o tio do acusado afirmou que o sobrinho teria agido a mando da mulher presa, já que ele, o tio e a acusada tiveram um desentendimento. Dias depois, no dia 11 de novembro, o acusado voltou a atirar contra o familiar, desta vez disparando contra a residência da vítima, que não foi ferida.

Os policiais realizaram buscas nas duas residências, porém, as armas não foram localizadas. Depois de serem ouvidos na 1ª DP, os acusados foram recolhidos ao Presídio Regional de Passo Fundo.

Polícia elucida homicídio na Vila Luiza

A Equipe Especializada em Homicídios da 1ª DP já tem a identificação dos autores do assassinato de Felipe Fernandes dos Santos, de 20 anos, ocorrido durante a manhã de quinta-feira (6), na Rua Benedito Acauã na Vila Luiza.

O advogado do acusado entrou em contato com a delegacia afirmando que ele se apresentará, a princípio, na próxima segunda-feira (10).

Gostou? Compartilhe