Incêndio no Presídio Madre Pelletier deixa 21 feridos

Uma apenada colocou fogo em colchões de uma cela

Por
· 1 min de leitura
Incêndio começou com fogo em colchõesIncêndio começou com fogo em colchões
Incêndio começou com fogo em colchões
Você prefere ouvir essa matéria?

Um pouco antes do meio-dia, começou um incêndio no Presídio Estadual Feminino Madre Pelletier, em Porto Alegre, resultando em 21 pessoas feridas. De acordo com a Superintendência de Serviços Penitenciários – Susepe, uma apenada ateou fogo em colchões de uma cela, dando início ao incêndio. As presas que sofreram queimaduras foram conduzidas para o Hospital de Pronto Socorro, dentre elas duas vítimas com ferimentos mais graves, com queimaduras em 30% e 60% do corpo. Não foram reveladas as identidades das vítimas. As outras 19 foram hospitalizadas por intoxicação. As chamas foram extintas pelos próprios agentes penitenciários, sem a necessidade de intervenção dos Bombeiros.

Gostou? Compartilhe