BM encerra celebração religiosa com cerca de 40 pessoas

Responsável pelo local demonstrou contrariedade ao Decreto Municipal

Por
· 1 min de leitura
Os policiais realizaram patrulhamento e averiguaram denúncias de aglomeração de pessoasOs policiais realizaram patrulhamento e averiguaram denúncias de aglomeração de pessoas
Os policiais realizaram patrulhamento e averiguaram denúncias de aglomeração de pessoas
Você prefere ouvir essa matéria?

Na noite de domingo um culto religioso precisou ser interrompido pelo risco de transmissão do Covid-19

No primeiro final de semana de vigência do decreto municipal que tem como estratégia o isolamento social, a Brigada Militar realizou uma série de abordagens com o objetivo de orientar a população da importância de evitar a aglomeração de pessoas.

Um culto religioso precisou ser interrompido na noite de domingo (22), em Passo Fundo pelo risco de contaminação do Covid-19. A Brigada Militar recebeu a denuncia que estaria acontecendo uma celebração religiosa na rua Coronel Chicuta e confirmou a informação.

Aproximadamente 40 pessoas estavam reunidas no local. Ao ser orientado para encerrar a atividade, o responsável demonstrou contrariedade ao decreto e chamou uma advogada que participava da celebração. Ela solicitou que a ação fosse filmada pelos seguranças do local.

Os policiais identificaram todos os presentes, e também anotaram as placas dos veículos estacionados em frente ao endereço. Orientado pela advogada, o responsável pelo local optou somente em falar em juízo. A celebração foi encerrada.

Mais denúncias

Durante todo o final de semana foram averiguadas sete denúncias de descumprimento do decreto. Em grande parte, eram relacionadas a aglomeração de pessoas em bares ou academias, mas nem todas se confirmaram.

Na noite de sábado, dois bares foram fechados depois que vizinhos denunciaram aglomeração de pessoas. Os proprietários e funcionários destes estabelecimentos foram orientados pelos policiais a fechar as portas. Em uma das verificações, o proprietário, de 63 anos, desacatou os policiais.

Também foi registrada uma aglomeração de pessoas no domingo em um campo de futebol em frente ao antigo quartel. Os policiais orientaram as pessoas que estavam no local que retornassem para suas casas.


Durante a vigência do decreto municipal, os policiais vão permanecer realizando o patrulhamento e averiguando denúncias, com o objetivo de atuar de maneira preventiva a contaminação pelo Covid-19. 

Gostou? Compartilhe