Empresário é preso suspeito de envolvimento no esquema de vacinas falsificadas

Ação desta quarta-feira (06), aconteceu em São Domingos do Sul, Casca e Paraí, sendo um desdobramento da operação realizada ontem em Passo Fundo e Coxilha

Por
· 1 min de leitura
Divulgação/ONDivulgação/ON
Divulgação/ON
Você prefere ouvir essa matéria?

Dentro do desdobramento da Operação Anticorpo, que aconteceu ontem em Passo Fundo e Coxilha, a Polícia Civil realizou uma ação nesta quarta-feira (6) nas cidades de São Domingos do Sul, Casca e Paraí. Um empresário foi preso. Um dos mandados cumpridos hoje foi em uma indústria gráfica, suspeita de produzir os rótulos dos medicamentos.

A operação iniciou na terça-feira, quando foram cumpridos três mandados de busca e apreensão, e dois mandados de prisões preventivas, no município de Passo Fundo.

A investigação teve início em 24 de abril, a partir de denúncia formalizada por um laboratório dando conta da comercialização de frascos contendo vacinas tetravalente (Fluarix Tetra – Vacina Influenza Tetravalente), provavelmente falsificadas, para o município de Coxilha/RS. A empresa denunciante constatou que um lote não foi produzido por ela, haja vista que o sistema de codificação utilizado não correspondiam aos lotes consultados pelo município. Em nota o Poder Público de Coxilha esclareceu que constatou de forma bastante rápida a possível falsificação, e não chegou a fazer o pagamento das vacinas. Apenas uma pessoa foi vacinada com este lote, ela está sendo monitorada pela Secretaria Municipal de Saúde.

Gostou? Compartilhe